Alimentos cozidos sem perda de nutrientes

Cozinhar determinados vegetais podem liberar outros nutrientes para que o organismo absorva melhor
vegetais

foto: Shutterstock

A gente sempre ouviu falar que os vegetais em seu estado cru são muito melhores para o consumo do que os vegetais cozidos, pois os alimentos in natura contêm mais nutrientes, que se perdem quando expostos ao calor.

Mas atualmente alguns nutricionistas estão afirmando o contrário: cozinhar determinados vegetais podem liberar outros nutrientes para que o organismo absorva melhor. Será? Cozinhar certos alimentos podem liberar alguns dos minerais e benefícios adicionais que sejam bons para nossa saúde. É como se estivéssemos abrindo mão de alguns nutrientes presentes no alimento cru para conseguir outros quando cozidos.


O tomate, por exemplo. Um tomate cozido costumar perder boa parte da vitamina C, mas garante a absorção de licopeno, uma substância que é encontrada em uma quantidade menor de alimentos do que a vitamina C, e auxilia no combate ao câncer de próstata e possui indícios de melhorar a saúde do coração.

As cenouras são ricas em carotenóides, substância que lhes dão a sua cor laranja viva. Cozinhar as cenouras pode aumentar o teor de carotenóides, que têm propriedades antioxidantes poderosas. Assim como cozinhar espargos podem aumentar o seu teor de polifenóis, que também possui antioxidantes e proporcionam efeitos benéficos para riscos de doenças cardíacas e câncer.

No entanto, é importante não cozinhar demais, porque mais nutrientes podem ser perdidos, principalmente em estado de fervura. A dica é apostar na ingestão de vegetais tanto crus quanto levemente cozidos, para poder aproveitar de todos os nutrientes presentes em cada estado.

Por Jessica Moraes

Comente