Alimentos afrodisíacos

Alimentos afrodisíacos realmente existem? Seus efeitos são comprovados?

A palavra afrodisíaco vem de Afrodite, a deusa do amor, da beleza e possuidora de um forte poder sedutor. Desde então muitas pessoas começaram a considerar alimentos, bebidas e até alguns medicamentos como afrodisíacos, ou estimulantes sexuais, desde que ligados à deusa ou que se assemelhassem às partes genitais do corpo humano.

Mas será que existem realmente alimentos que tenham o poder de despertar estímulos sexuais? Na realidade, não existe nenhuma comprovação científica a respeito desta teoria. O que se sabe é que alguns alimentos possuem nutrientes que auxiliam no bom desempenho sexual ou que, devido ao seu aroma, podem despertar o poder da imaginação.

No entanto, como não há nada a se perder, talvez consumir alguns alimentos e fazer um bom uso da sua imaginação, possa ter como resultado um bom desempenho sexual neste dia tão especial.

Veja alguns alimentos tradicionalmente considerados como afrodisíacos:

Frutos do mar: principalmente as ostras, que são ricas em zinco, mineral que contribui para a formação de testosterona, hormônio masculino.

Chocolate: possui propriedades estimulantes, liberando endorfina, que propicia uma sensação de bem estar.

Ovo de codorna: possui grande valor energético, além de ferro, vitaminas B1 e B2 e cálcio, porém não tem nenhuma propriedade que possa estimular o desempenho sexual.

Amendoim: por ser rico em vitamina B3, contribui para vasodilatação sanguínea, aumentando a libido.

Pimenta, pimentões, curry e outros alimentos picantes: foram vistos como afrodisíacos porque seus efeitos fisiológicos - freqüência cardíaca elevada e sudorese - são similares às reações físicas experimentadas durante o sexo.

Outros alimentos como catuaba, cacau e ginseng possuem uma substância chamada feniletilamina que é responsável pela sensação de prazer.

Ao mesmo tempo em que podemos consumir alimentos que apimentem esta grande noite, outros alimentos devem ser evitados para que não a prejudiquem.

Alimentos que possuem gordura saturada: frituras, doces e carnes gordas que favorecem a presença de placas de gorduras, que impedem a circulação sanguínea, além de terem uma digestão mais lenta.

Bebida alcoólica: se consumida com moderação, poderá despertar a libido; porém, se consumida em excesso, pode causar impotência.

Alho e Cebola: procure evitar consumir estes temperos nesta noite, pois seu sabor acentuado poderá causar mau hálito.

Hortaliças brássicas e algumas leguminosas: repolho, brócolis, couve-flor, feijão, entre outros podem provocar gases, devido ao seu poder de fermentação.

O mais importante para que um prato se torne afrodisíaco é que tenha uma boa aparência, aroma fascinante e sabor agradável, estimulando os cinco sentidos para que a sua imaginação crie um clima todo especial.

Alimentando-se adequadamente, você estará consumindo todos os nutrientes importantes não só para um bom desempenho sexual, mas para uma vida saudável, podendo desfrutar de todos os prazeres da vida.

Por Roberta Silva

Nutricionista - CRN-3 14.113

Comente