Alimentação contra a gripe

Alimentação contra a gripe

No inverno, a incidência de gripes e resfriados aumenta, em pessoas de todas as idades. Por isso a nutricionista Maria Eduarda Mascarenhas recomenda seguir uma alimentação balanceada para aumentar as defesas do organismo e enfrentar o frio sem descuidar da saúde.

"Uma alimentação equilibrada, composta por frutas, legumes, verduras e grãos integrais, reforça o sistema imunológico e torna o organismo mais resistente a vírus e bactérias. Consumindo regularmente esses alimentos, conseguimos proteger a saúde, prevenindo gripes, infecções e outras doenças", afirma.

Com uma dieta balanceada que contenha carnes magras, legumes, frutas, cereais, peixes, lacticínios, oleaginosas (nozes, castanha-do-pará, etc.), você estará fornecendo tudo que seu organismo precisa para enfrentar o frio.

Alguns alimentos possuem nutrientes capazes de aumentar a imunidade. Abaixo segue alguns exemplos que a nutricionista aconselha você incluir no seu dia a dia:

Acerola - fruta riquíssima em vitamina C.

Alho - estimula a resposta imunológica. Adicione nas preparações de suas refeições.

Cenoura, abóbora e beterraba - fontes de betacaroteno, antioxidante que atua contra infecções e estimula células imunológicas. Manga, mamão e batata doce são outras boas fontes de betacaroteno.

Frutas cítricas - ótimas para reforçar a imunidade, devido à alta concentração de vitamina C. Limão, laranja, lima, kiwi, abacaxi, goiaba, acerola são boas fontes dessa vitamina.

Gengibre - é expectorante, reduz a inflamação e a dor. Adicione a chás ou sucos e utilize na forma de tempero.

Mel - contém substâncias que agem como antibióticos naturais. Eficaz contra os sintomas de gripe e resfriados. Pode ser coadjuvante no tratamento de problemas pulmonares e garganta. Use para adoçar chás e sucos, substituindo pelo açúcar.

Probióticos - tem microorganismos vivos que recuperam a microbiota intestinal e fortalecem o sistema imunológico. Estão presentes nos leites fermentados e iogurtes.

Contudo, com o clima frio, ocorre a diminuição da ingestão de certos alimentos. Uma boa opção para aumentar a ingestão de verduras e legumes, são as sopas e cremes, que fornecem os nutrientes necessários e ainda nos mantém aquecidos.

Os legumes e verduras, que compõem as saladas, também podem ser preparados refogados e as frutas, assadas com um fio de mel e saboreada como sobremesa.

A nutricionista dá uma dica importante: não esperar a gripe aparecer para realizar essas mudanças. Faça uma análise de como está sua alimentação e estilo de vida e proteja seu organismo do vírus.


"Ter uma boa noite de sono, evitar o estresse, manter-se hidratado e praticar exercício físico diariamente são outros cuidados importantes para prevenir o temido vírus da gripe", acrescenta Maria Eduarda. Mas mesmo se a gripe aparecer, tome bastante líquido, descanse e reforce seu prato com ingredientes saudáveis para aliviar mais rápido os sintomas.

Por Jessica Moraes

Comente