Alimentação adequada pode diminuir riscos de câncer

Alimentação para prevenir câncer

Sem sombra de dúvida, o que comemos diz muito sobre nossa saúde. Selecionar bem os alimentos e comer de maneira moderada ajuda a manter o peso e ainda previne vários tipos de cânceres, entre eles, os de mama, estômago e intestino.

Aproveitamos que neste 31 de março é o Dia Nacional da Saúde e Nutrição, o Vila Mulher, com a ajuda da Dra. Fernanda Schettino Cerqueira, médica nutróloga da Oncomed Belo Horizonte, revela como funciona a relação entre boa alimentação e redução dos riscos de câncer.

Dra. Fernanda explica que pessoas acima do peso ideal são mais propensas a desenvolverem câncer, principalmente o de mama. E conta que alguns estudos revelaram que populações que consomem embutidos, churrasco, alimentos conservados no sal e alimentos defumados em demasia apresentam maior incidência de contraírem a doença.

"Outros estudos constataram que indivíduos que ingerem mais vegetais - fibras, vitaminas e sais mineirais - apresentam menor probabilidade de desenvolver o câncer, principalmente o de intestino. Sabe-se hoje que determinados nutrientes, como licopenos, betacarotenos entre outros, apresentam um papel protetor contra o câncer de um modo geral", comenta a especialista.

A nutróloga comenta que existem alimentações diferenciadas para quem deseja prevenir e tratar o câncer. "No aspecto da prevenção, a dica é evitar excessos: embutidos, álcool, churrasco, alimentos conservados no sal, etc. Quando a doença é diagnosticada, o tratamento orientado pelo médico oncologista é aliado a uma boa nutrição que terá o objetivo de reduzir infecções, as complicações operatórias, a necessidade de internação hospitalar, entre outros."

Para quem quer colocar a saúde em primeiro lugar, a regra é colorir o prato. Essa medida aumenta as chances de reunir numa mesma refeição um número maior de nutrientes variados. E a Dra. Fernanda dá outras dicas:


- Coma de tudo um pouco, mas com moderação;

- Ingira cerca de três frutas diferentes ao longo do dia;

- Coloque no prato um vegetal verde-escuro pelo menos uma vez ao dia;

- Coma menos carne vermelha e acrescente o peixe ao seu cardápio duas vezes na semana;

- Diminua sucos açucarados e industrializados, dê preferência ao suco natural e beba água;

- Reduza o consumo de sal e de bebidas alcoólicas;

- Amamente. Esse gesto ajuda a prevenir o câncer de mama na mãe e a obesidade no bebê amamentado.

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente