Abacate ajuda a emagrecer, sim!

Benefícios do abacate

Quem nunca ouviu a recomendação para não comer abacate porque engorda? Diferentemente do que muitos consumidores pensam, essa fruta é amiga da saúde. O abacate transmite sinais de saciedade ao cérebro, ajuda a controlar o colesterol ruim, a gordura corporal, dentre outros benefícios.

Dentre as causas do ganho de gordura está a presença da frutose (açúcar) em muitos alimentos, inclusive nas frutas. Sem dúvida, muitas pessoas não imaginam que a maçã e a banana, por exemplo, possuem mais frutose do que no abacate. No entanto, esse não é o fator determinante para o abacate auxiliar a emagrecer, mas sim, a presença de potássio (duas vezes mais que a banana), além da gordura monoinsaturada, ou seja, do ponto de vista nutricional é considerada uma gordura boa para gerar energia ao organismo, em conjunto com o potássio.

Deste modo, o abacate se torna um excelente substituto para carboidratos e grãos e outras fontes de açúcar. Ao reduzir os carboidratos, é importante substituir essas calorias por gordura saudável que é, na verdade, a melhor fonte de energia para o corpo e cérebro, em detrimento dos carboidratos. Com isso, além de inibir a fome, impede que ocorram picos de glicemia e promovem, então, perda de peso.

Há a presença do ácido oleico, que se transforma numa substância chamada OEA (oleiletanolamida), que reduz o apetite ao enviar rapidamente ao cérebro a informação de saciedade. Além disso, o abacate é rico em vitamina C e E, complexo B, ômega 6 e 9, dentre outras substâncias benéficas, num total de 20. Elas auxiliam diretamente na redução do colesterol ruim da gordura corporal, na proteção do fígado contra agressores, e também tem ação anti-inflamatória.

Por Jessica Moraes

Comente