9 alimentos que fazem bem ao coração

alimentoscoração

foto: Shutterstock

Dia 29 de Setembro é o Dia do Coração. É um dia importante para observar quais os cuidados que você tem com ele, não é mesmo?

As doenças cardiovasculares são responsáveis por mais de 29% de todas as mortes registradas no Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde. De acordo com Flavia Morais, coordenadora de nutrição da rede Mundo Verde, má alimentação, sedentarismo, ingestão de bebidas alcoólicas em excesso, obesidade, hipertensão arterial, colesterol elevado e diabetes, estão entre os principais fatores de risco.

Para Flávia a prevenção é sempre o melhor remédio. A nutricionista selecionou nove alimentos que não podem faltar no cardápio de quem quer ter o coração forte e saudável. Confira:

1. Laranja - A laranja é rica em um tipo de fibra solúvel, a pectina. Essa fibra reduz a absorção do colesterol ingerido na dieta e diminui seu acúmulo nas veias e artérias. Também é boa fonte de potássio, mineral importante no controle da pressão arterial.

2. Couve - A couve é rica em antioxidantes, vitaminas A e E, além de magnésio e fibras. Esses antioxidantes diminuem a oxidação da gordura e a formação de placas de colesterol. O magnésio melhora a elasticidade das artérias e, consequentemente, a circulação, ajudando no controle da pressão arterial.

3. Alho - O alho tem potente ação no controle da pressão arterial. Pesquisas mostram que o alho inibe uma enzima chamada angiotensina que tem papel vasoconstrictor. Com essa enzima inibida, os vasos são mais relaxados e o sangue circula melhor. As cápsulas de óleo de alho também tem esse efeito.

4. Vinho tinto e Suco de uva - As uvas escuras são ricas em polifenóis, que melhoram a elasticidade dos vasos e ajudam e diminuir a formação de placas de colesterol.

5. Chocolate amargo ou cacau - O cacau é rico em flavonoides, antioxidantes que diminuem a formação de placas de colesterol, ao mesmo tempo em que melhoram a flexibilidade dos vasos. Seu consumo está relacionado à redução da pressão arterial e também ao menor risco de infarto. Utilize 30g de chocolate amargo ao dia ou o cacau em pó na preparação de bebidas ou frutas.

6. Peixes de água marinha e profunda - O ômega 3, presente no salmão, atum ou sardinha, é fundamental para a saúde cardiovascular. Além de ser anti-inflamatório, esse tipo de gordura do bem diminui os níveis de triglicérides, aumenta os níveis de HDL e diminui o risco de arritmias. Para os que não comem peixe, a chia e a semente de linhaça são boas fontes de ômega 3.

7. Lentilhas - Estudos relacionam o consumo de leguminosas, com destaque para a lentilha, ao menor risco de doenças cardiovasculares, devido ao alto teor de fibras, magnésio, potássio e ácido fólico, nutrientes relacionados ao controle da pressão arterial.

8. Amêndoas - Amêndoas são fontes de gorduras insaturadas, um tipo de gordura que no fígado não é transformada em colesterol. Também tem fitoesteróis, que diminuem a absorção do colesterol da dieta.

9. Romã - Pesquisa feita em Israel mostrou que o consumo de suco de romã, devido aos seus antioxidantes, não só controlou a formação de placas de colesterol, mas também reduziu o entupimento das artérias. A sugestão de consumo é de 250ml do suco ao dia.


Comente