5 aliados para não largar a dieta

Aliados para não abandonar a dieta

Foto: reprodução/ Corbis

Quantas vezes acontece de você seguir direitinho uma dieta por um tempo e, então, começar a abrir pequenas exceções. As pequenas escapadas tornam-se regra e logo você estaciona, sabota mesmo a dieta alimentar e tudo vai por água abaixo. A sensação é de frustração. E a pior coisa que tem é lidar com esse sentimento.

Tenha calma. Não precisa se culpar e nem adotar medidas radicais, como uma dieta mirabolante indicado pela amiga da amiga para perder peso mais rápido do que a reeducação alimentar que você tenta fazer e acha que não consegue. Melhor mesmo é ir adotando alguns hábitos e retomando o foco do processo de emagrecimento.

Aliado número 1 - alimentos saudáveis por perto

Adote carregar sempre na bolsa a barra de cereais ou frutas e oleaginosas (amêndoa, avelã, castanha de caju, castanha-do-pará, macadâmia e nozes, entre outras). Na hora da fome, não vai abrir exceção na lanchonete e ceder aos caprichos de uma suculenta coxinha.

Chá

Beba bastante chá. Os chás ajudam a acelerar o metabolismo e auxiliam na digestão, além disso, protegem o coração. Depois do almoço, que tal tomar uma xícara de chá? Seu organismo irá agradecer.

Cardápio variado

É o que todos os nutricionistas dizem. Prato colorido e variado. Portanto, se abandonou a dieta, verifique se estava se privando demais e se deixava de variar o cardápio, tornando as refeições sem graça.

Papel e caneta

Sim, dá muito trabalho, mas verifique o que anda fazendo você sair da dieta. Anote as exceções, aqueles petiscos fora de hora e os aperitivos do happy hour. A ideia não é privar de tudo, mas controlar e saber o que está excedendo.

Atividade física

Tá certo, dizer que praticar exercícios faz bem para a dieta é o mesmo que chover no molhado. Porém, é importante fazer algo que você se identifique. Academia não é tortura, tem que ser sinônimo de prazer. Não adianta ir atrás de alguma atividade só porque está na moda ou queima mais calorias. Identifique se gosta de atividades realizadas na água (natação, hidroginástica), se prefere atividades mais relaxantes (yoga, pilates), em grupo ou sozinha, artes marciais, caminhadas ou dança. As opções são inúmeras, cabe saber qual é a ideal.

Por Lívany Salles

Comente