Rir faz bem para a saúde

Rir faz bem para a saúde

Sabe aquele ditado que diz que rir é o melhor remédio? Talvez ele seja mais verdadeiro do que você imagina.

Um estudo da Universidade de Oxford, na Inglaterra, atesta que a risada aumenta a tolerância à dor. A pesquisa realizou um teste com dois grupos de voluntários. O primeiro grupo assistiu a uma série de vídeos cômicos e o outro assistiu a programas bem desinteressantes.

Após a sessão, os especialistas provocaram sensações dolorosas nas duas plateias. Aqueles que deram gargalhadas puderam suportar até 10% mais dor do que os clinicamente entediados. Segundo o autor do experimento, Robin Dunbar, o humor é capaz de diminuir as dores devido à liberação de endorfina, um hormônio que gera euforia, atenuando o incômodo físico e o estresse psicológico.

A pesquisa inglesa mostra ainda que o riso relaxado e social é o único que funciona. "Já o polido, aquele que soltamos por educação, não tem efeito nenhum", revela Dunbar. Especialistas da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, desvendaram outro elo, dessa vez entre as gargalhadas e o aumento do calibre dos vasos sanguíneos. Os voluntários tiveram que assistir a dois filmes, um violento e outro de comédia. Os cientistas perceberam que o fluxo de sangue crescia 22% nas risadas e diminuía 35% durante as cenas de tensão.

Por isso, Michael Miller, autor da pesquisa e diretor do Centro de Cardiologia Preventiva da universidade americana, sugere uma dose diária de risadas. "Para obter o melhor efeito para o coração, devemos rir até chorar", diz o especialista.

leia também


Quando os vasos ficam dilatados, a pressão cai e há uma diminuição de outros fatores por trás do risco de doenças cardiovasculares.

Por Jessica Moraes

Comente