Pais se casam em hospital a pedido do filho com doença terminal

Pais atendem ao desejo do filho de vê-los se casando
casamento no hospital

foto reprodução: Metro.co.uk

Pode parecer uma história triste, mas é sempre bom ver por outro prisma e enxergar o lado bom de estar vivo e aproveitar os momentos especiais ao lado de quem se ama. A história dessa família é de se emocionar. O garoto Corey Edwards foi diagnosticado com uma cardiopatia congênita complexa aos sete meses de vida e desde então passou por diversas operações e tratamentos. Em janeiro, os médicos de Corey deram a seus pais a devastadora notícia de que ele não poderia viver por muito tempo.


Apesar do sofrimento, o menino tinha um desejo muito especial que queria que fosse realizado antes da sua partida: ver seus pais se casarem na sua frente. Craig e Jemma Edwards estavam juntos há 3 anos, mas a cerimônia de casamento teve de ser adiada devido ao nascimento de suas duas filhas e os problemas de saúde de Corey.

casamento no hospital

foto reprodução: Metro.co.uk

Então Craig e Jemma Edwards decidiram atender ao pedido do filho, de se casarem no hospital. Mas para isso, o casal precisava obter permissão do Arcebispo de Canterbury para que o casamento pudesse se realizar lá. Depois de felizmente conseguirem o aval, eles contaram com a ajuda de funcionários e amigos feitos no hospital, conseguindo assim organizar toda a produção em 48 horas.

Em entrevista ao jornal britânico Metro, o pai, Craig Edwards, conta como foi  a experiência. "Corremos até a cidade para comprar um vestido, um terno e os anéis de casamento. Mal podíamos acreditar na generosidade de todos os envolvidos. Uma enfermeira ajudou a fazer o cabelo de Jemma, enquanto outros dois funcionários do hospital fizeram o bolo. "Cadeiras foram enfileiradas para formar um corredor e uma decoração toda especial foi feita para nos fazer sentir como se estivéssemos em uma cerimônia tradicional de casamento”.

casamento no hospital

foto reprodução: Metro.co.uk

E acrescentou, emocionado: "Mas a coisa mais importante para nós foi ter nosso filho Corey ao nosso lado, segurando os anéis e vestindo seu terno. Ele estava bonito, feliz e muito orgulhoso. Eu acho que ele realmente era a pessoa principal daquele momento”.

O pai ainda disse que esse foi um momento especial para compartilhar com as pessoas que os ajudaram a aproveitar a curta vida de Corey.  "Ele chegou a um estágio no qual não há mais o que fazer, o que é, obviamente, muito duro. Mas em vez de estar ao seu lado chorando o tempo todo, pelo menos uma vez nós tivemos um dia especial, sabendo que ele estava feliz”, conclui.

Por Jessica Moraes

Comente

Assuntos relacionados: histórias de vida