Fim de ano: hora de fazer um balanço

Chegou aquele momento de contabilizar as felicidades e as tristezas.
fim de ano hora do saldo

Foto/Shutterstock

Chegou aquele momento de contabilizar as felicidades e as tristezas do ano, ao menos até agora. E então vem a hora de colocar tudo numa balança mental e ver o que pesou mais. Será essa a medida da felicidade ou do equilíbrio? 

Medir isso é complicado como sempre, quando falamos em sentimentos, cada um tem a sua medida, mas o que queremos saber é – como foi seu ano? Você sorriu mais ou chorou mais?

Balanço é isso, é apenas uma questão de cálculos, aqui no caso cálculos nada exatos. Depois das contas dá para saber onde teremos que mudar, onde teremos que ajustar e o que devemos cortar definitivamente, assim, sem dó. 

Não vale fazer essa análise para se debruçar sobre os erros e decepções e ficar sentindo pena de si mesma. Só vale fazer isso para contabilizar e mexer onde for preciso, sem tantas cobranças. Seja gentil consigo mesma e tente ver o que realmente aprendeu com tudo isso. Por mais que a gente sofra sempre aprende algo.

Existe uma frase popular que pode retratar isso de forma totalmente – “é inevitável, alguém vai te magoar e você fatalmente magoará alguém”. É a lei da vida, gente, não é mesmo?

E assim como para viver precisamos continuar envelhecer, para continuar a descobrir a vida acabamos nos deparando com alegrias e tristezas. É assim mesmo. O que muda é a forma como lidar com os acontecimentos. E, então? Ficar parada no tempo é que não dá.

Que a vida seja gentil conosco em 2015!


Comente

Assuntos relacionados: fim de ano