Dança de salão combate a solidão

dança de salão combate a solidão

A dança de salão ganhou força nos últimos anos com o surgimento de filmes e programas televisivos que abordam o universo da dança em casal. Mais que diversão, ela é uma ótima opção de atividade física e também uma aliada poderosa no combate à tristeza e à solidão.

A maioria das pessoas procura a dança de salão porque se sentem sozinhos. Além de afastar a solidão é uma expressão de autoconhecimento, mas também do conhecimento do outro. Eleva a autoestima e a confiança de quem pratica, estabelece integrações sociais e manifesta uma maior apreensão do contato entre o homem e a mulher: menos rigidez, timidez e maior flexibilidade corporal.

Na dança de salão é o homem quem conduz a mulher. Ele acaba regendo os passos da dança, como segurar a mão da mulher para fazê-la girar, por exemplo. Mas a mulher tem que saber responder; quando ele der um passo à frente, ela logo deve dar um passo para trás.

É preferível que o aluno, ao se matricular no curso de dança de salão, já tenha seu par, embora muitas escolas têm professores de ambos os sexos para que não sobre nenhum aluno. Se estiver sobrando alguém na turma dá para entrar mais uma pessoa do sexo oposto à pessoa que está sobrando.

Geralmente as aulas são feitas em grupo, mas também existem aulas particulares. Têm em média uma hora de duração e trabalham vários ritmos: a salsa, a lambada, o zouk, o samba.

Na área da saúde, a dança pode ajudar em varias situações. Dentro dos seus benefícios estão o controle de peso, aumento de força muscular, diminuição da pressão arterial, diminuição do estresse e da ansiedade, melhora da tensão muscular e da insônia, melhora a autoestima, a criatividade, o equilíbrio, a coordenação motora.

No geral, a dança não apresenta contra-indicação. Mas boas escolas de dança devem fazer um questionário para ver se os alunos apresentam algum problema de pressão, nas articulações ou na coluna. Como qualquer atividade, alguns cuidados devem ser tomados. Há mulheres com sérios problemas de postura e que devem avisar a(o) professor(a) sobre sua situação, para que antes sejam feitos exercícios compensatórios e a dança possa ser completamente benéfica.


Por Jessica Moraes

Comente

Assuntos relacionados: dança de salão solidão ansiedade

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?