Boa educação é fundamental

boa educação é fundamental

Não tem nada mais eficiente para garantir o bom astral do dia do que praticar a boa educação. Quem mesmo nos afirma isso é a consultora de imagem Diandra Fernandes, autora do blog Homens Modernos.

Para isso basta aplicar algumas regrinhas de etiqueta, que, segundo a profissional, foram estabelecidas justamente para simplificar o convívio social e torná-lo mais para todos.

"Para começar, lembra do Bom Dia, Boa Tarde e Boa Noite? Então, experimente usar sempre que for o caso. O mesmo vale para um "com licença, "por favor" e "obrigado". Se pisar na bola com alguém, não hesite em pedir desculpas", são as regras básicas das boas maneiras, que a consultora descreve.

É bom lembrar que não é só isso. Respeitar o seu lugar na fila do banco, do cinema, do cinema, do supermercado ou da votação é condição segundo ela ‘sine qua non’ (sem a qual não pode deixar de haver).

Ser sempre pontual também é item recomendado. "Ao menos evite deixar ninguém esperando por você mais do que 10 minutos. E se for atrasar (mesmo que seja 10 minutos) por um acaso do acaso, ligue ou mande uma mensagem avisando e se desculpando pela indelicadeza", aconselha Diandra.


Outro vilão da boa educação é o celular. Evite o uso inconveniente em situações indevidas. Lembre-se: atitudes gentis e respeitosas para com o deve se transformar em hábitos diários. Porque respeito e gentileza é bom para quem dá e certamente para quem recebe.

Por Jessica Moraes

Comente