Beleza Real: conheça o projeto feminista da "Nega Hamburguer"

Projeto feminista

Foto - negahamburguer.

Em ilustrações inspiradoras, Evelyn Queiróz expõe sua arte com mensagens positivas, abusando de temas como feminismo, aceitação do corpo e quebra de preconceitos em relação à sexualidade. O trabalho colorido da garota de 24 anos, criado à base de aquarela e nanquim, fez tanto burburinho nas redes sociais que em 15 de fevereiro ela lançou o livro "Beleza Real".

Como Evelyn conta em seu site oficial intitulado "Nega Hamburguer", o projeto "tem como objetivo mostrar através de intervenções urbanas as histórias reais de pessoas que, por culpa do padrão de beleza que é imposto, já sofreram algum tipo de preconceito por serem gordas, magras, altas, baixas, negras, albinas, ou qualquer outra condição linda que a nossa sociedade insiste em falar que não é bom ou bonito".

O bacana é que as mensagens da jovem desenhista podem ser encontradas, além da aquarela e do nanquim, em grafites, tirinhas ácidas, stickers, lambe-lambes, telas, sketchbooks e nas incríveis madeirinhas. Nas tábuas de madeira, que estão à venda na loja virtual (http://negahamburguer.blogspot.com.br/p/loja_12.html), Evelyn deixa frases de impacto e desenhos ao seu estilo.

As pessoas que passam pelo espaço da artista na web ficam babando pela ideia e ainda deixam comentários positivos: "Seria muito legal se você vendesse moleskines com sua arte na capa!", disse um rapaz. Em outro, uma garota dá a ideia: "Em sapatilhas de pano também ficariam lindas as pinturas!".

A sensação também está nas redes sociais. Por conta do lançamento do livro, diversos internautas comentaram a ação no Twitter e Facebook, só nos elogios. Na fanpage, são mais de 67 mil curtidas (https://www.facebook.com/olanegahamburguer).

Para quem tem acesso ao Sesc Madureira, no Rio de Janeiro, fica a dica que em todo o mês de março rola a exposição "Beleza Real na internet"!

Por Alessandra Vespa (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: motivação feminista preconceito