Autossabotagem - evite se boicotar!

boicotar

Crédito: Robert Daly/Getty images

Cuidado: de repente, você pode se boicotar. Quantas vezes você, de dieta, não comeu só um mais pedacinho de chocolate no sábado e domingo. Afinal, era fim de semana.

A autossabotagem - ou autoboicote - nada mais é do que você dificultar ou inviabilizar mudanças em sua própria vida e que trariam bem-estar ou algum tipo de melhoria.

Ter coragem de viver significa assumir riscos e responsabilidades, expressões que muita gente foge só de ouvir falar. A autopunição nos leva a não enxergar nossas potencialidades e se apropriar delas de maneira adequada.

Um exemplo claro de autossabotagem, além da dieta que citamos acima, é quando um profissional ganha uma promoção e fica inseguro quanto à capacidade de assumir o novo cargo e a posição na empresa. Ao ponto de cometer erros primários.

A vice-presidente de projetos da Associação Brasileira de Qualidade de Vida e mestre em psicologia, Sâmia Simurro, justifica. "Ser bem-sucedido desperta emoções complexas. Muitas pessoas acham que o sucesso traz consigo críticas e ameaças. Isso pode gerar uma ansiedade muito grande e algumas pessoas não conseguem lidar com tudo isso de forma adequada. Acabam se boicotando", explica.

Como mudar?

Especialistas concordam que é fundamental acreditar que somos capazes de fazer melhor o que está a nosso alcance. Consciência e mudança estão ligadas e mexer em lembranças desagradáveis é dolorido. Leva tempo até conseguirmos digerir experiências, fazer novas associações e implementar mudanças significativas em nossa vida.

"A gente precisa parar de agir como se não houvesse amanhã e se cuidar, se prevenir. De que adianta conquistar o mundo, um glúteo durinho e a presidência da empresa, se quando o assunto é nós mesmas, não fazemos nada para nos ajudar?", alerta Viviane Duarte, jornalista e empreendedora no site Plano Feminino e Agência de Conteúdo Foca.

Psicólogos dão dicas. Conscientizar-se sobre o ciclo da repetição é o primeiro passo para você superá-lo. Isso porque algumas repetições destroem a vida da pessoa e a deixam muito frustrada.


Por exemplo, você já comeu meio ovo de Páscoa, nem está mais gostando de comer tanto chocolate, mas continua até se empanturrar e se arrepender de ter comido tanto. Isso também é autossabotagem. E dizem que só sai dessa quando a pessoa entender a própria dinâmica interna e mudá-la.

Por Natália Farah

Comente