Aplicativo Secret será proibido no Brasil

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
secretaplicativobullyng

Foto - Divulgação/Reprodução/Secret

Depois de muita polêmica, o uso do aplicativo Secret, que permite a publicação de postagens anônimas, está com os dias contados no Brasil. A "proibição" se deve a uma decisão tomada na segunda-feira (18) no Tribunal de Justiça do Espírito Santo.

Além de proibir o aplicativo Secret nas lojas online do Brasil, a Justiça de Vitória (ES) mandou remover o app de todos os usuários que já haviam instalado nos smartphones. A decisão do juiz Paulo César de Carvalho, da 5ª Vara Cível de Vitória, é válida para todo o Brasil.

A partir da data de notificação, o Google e a Apple terão dez dias para desinstalar, de forma remota, o aplicativo de todos os celulares do País.

A Microsoft deverá efetuar o mesmo procedimento com o app Cryptic, similar ao Secret. A pena, para o caso de descumprimento da ordem judicial, é multa diária de R$ 20 mil.

Isso porque, como as postagens são anônimas, pessoas e empresas não têm como se defender de mensagens que citem seus nomes em "segredos" - fofocas ou boatos compartilhados no app.

Como a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas podem ser abaladas por posts no Secret, caberia direito a indenização por dano moral. Entretanto, o anonimato das mensagens impede que essa punição seja viável.

"A utilização dos aplicativos... inviabiliza, ou pelo menos torna extremamente difícil, a possibilidade de obter indenização por dano material ou moral decorrente de eventual violação ao direito da privacidade, honra e imagem das pessoas", argumenta o juiz.


Por Vila Mulher

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Assuntos relacionados: segredos aplicativo secret