Tipos de ioga - encontre o seu

tipos de ioga

O Yoga (ou ioga, em português) significa à união entre corpo, mente e espírito. Também indica união no sentido do humano com o divino; a descoberta do seu potencial maior, das possibilidades infinitas. Na prática, ioga é uma atividade de bem estar pessoal, tanto físico quanto emocional, que desperta os sentidos e também pode diminuir a ansiedade e o estresse. Inicialmente a atividade requer a orientação de um profissional. Com o tempo, a prática pode ser feita por conta própria, mesmo em casa.

Só há na verdade uma ioga, mas há diversas maneiras de realizá-la. A seguir quatro tipos mais comuns que você pode escolher para praticar:

1- Hatha Yoga

Esse é o mais popular no Ocidente. Tem como foco a saúde corporal, trabalhando dessa forma mente e espírito. É recomendável para quem quer fugir do stress do dia a dia. Forte nas posturas corporais, que são realizadas vagarosamente. A ideia é permanecer o maior tempo possível em asana (postura sentada). É uma prática mais calma, com movimentos mais leves, que favorece a introspecção, ideal para quem procura um yoga relaxante. Ela melhora do condicionamento físico, a flexibilidade e aumenta a capacidade de concentração.

2- Kundalini Yoga

Trabalha a respiração de forma intensa com o objetivo de aumentar a energia do yogin (o praticante do yoga). Ideal para pessoas que estejam com falta de disposição. Ativa os centros de energia denominados chakras. Essa realização é uma combinação de exercícios respiratórios, contrações corporais, posturas, gesticulação com as mãos, dedos ou braços e palavras cantadas (os famosos mantras).

3- Iyengar Yoga

Ideal para corrigir problemas de postura. Privilegia o trabalho de alinhamento corporal e auxilia todas as demais práticas, pois dá ao yogin uma grande consciência corporal. É também uma ramificação do Hatha. A principal característica do método é o conceito de que o alinhamento do corpo desperta experiências escondidas, tornando conscientes os condicionamentos que moldam as nossas estruturas musculares. Combina com quem e prefere uma prática intensa, porém com mais foco na postura do que na repetição. As posturas são feitas com a ajuda de acessórios como cintos, almofadas e blocos e exigem bastante permanência em cada posição. É indicado para pessoas que querem combater a má postura e até para quem possui problemas motores.

4- Power Yoga

Trata-se de uma prática mais vigorosa, combina movimentos fortes com respiração dinâmica, aliando posturas do yoga com exercícios e movimentos extras. Trabalha o movimento acoplado à respiração. Os asanas são realizados em sequências mais rápidas, promovendo um intenso trabalho muscular e aeróbico. Ideal para quem gosta de treinos mais fortes e deseja definir os músculos e queimar calorias. Faz transpirar bastante e exige um bom condicionamento físico. Começa com uma série de aquecimentos e no final da prática, exercícios que relaxam o corpo. Aumenta a resistência, a capacidade de atenção e ajuda a alinhar músculos e articulações.

leia também


Por Jessica Moraes

Comente

Assuntos relacionados: yoga ioga equilíbrio bem estar ansiedade