Sling Training - previna-se contra as lesões

Sling Training

Foto/Divulgação

Enfrentar inúmeras sessões de fisioterapia não é fácil. Para quem não tem paciência e quer logo se livrar dos desconfortos causados pelas lesões, o método parece ainda mais penoso, uma vez que, em certos casos, os resultados dos exercícios demoram um pouquinho para aparecer.

Na Europa, os fisioterapeutas contam com um equipamento que facilita a execução dos exercícios e o melhor, potencializa o resultado, aumenta o condicionamento físico e o equilíbrio e melhora a postura. E quer saber da parte boa? Este procedimento já chegou ao Brasil!

Chamado de Sling Training, o método é representado por aqui pelo fisioterapeuta alemão Cornell Coezijn e pela empresária brasileira Ingrid Güth. O aparelho utilizado nos exercícios é simples, feito de alças ajustáveis a qualquer altura, com custo acessível, transportável e pode ser instalado facilmente e utilizado ao ar livre sem grandes preparos (pode-se prendê-lo em uma árvore, por exemplo).

"A princípio, o Sling Training foi criado para tratar lesões em atletas de alto nível. Mas hoje ele se estende a todo o tipo de público - crianças, adolescentes, idosos e portadores de deficiência", explica Ingrid.

O aparelho Sling Trainer trabalha a musculatura interna estabilizadora, ou seja, age em todos os músculos que deixam a pessoa ereta, como abdômen e quadríceps. E apesar de o objetivo do Sling não ser perder peso, a empresária afirma que a pessoa costuma suar, se cansar e definir os músculos durante os exercícios. "Eu diria que se perde tanto peso no Sling Training quanto na musculação", conta. "E quando o equipamento é usado por pelo menos cinco minutos antes do treino convencional (musculação ou o próprio sling), os resultados são alcançados mais rapidamente."

No quesito fisioterápico, a empresária garante que os resultados são extremamente rápidos. Em poucos minutos de exercício pode-se notar uma melhora de postura e alívio de dores (dependendo dos casos). E exemplifica: "Minha mãe de 80 anos tem hérnia de disco lombar - subiu em uma cadeira e acabou caindo de costas no chão. Após um mês de muita dor e fisioterapia, Cornell conseguiu aliviar sensivelmente o desconforto dela em três minutos. Em uma semana de exercícios, com duração de três minutos duas vezes por dia, minha mãe saiu totalmente da crise".

Para aplicar os exercícios no Sling Training, o interessado passa por um curso que varia de dois a três dias. As aulas são destinadas a fisioterapeutas e educadores físicos. A fisioterapeuta Elizabeth Dantas fez o curso em maio de 2009, e utiliza o aparelho em seu consultório para tratamentos individuais e em grupo.

"Tenho pacientes de oito a 93 anos e com diferentes idades e patologias de ortopedia. Os grandes benefícios que observo com o Sling são ganho de equilíbrio e de força da musculatura abdominal e paravertebral (costas e lombar). Dessa forma, as dores de coluna diminuem, a consciência corporal fica maior e o paciente aprende a gastar menos energia no seu dia a dia, ficando mais forte e autoconfiante", comenta Elizabeth.


Confira os cursos:

Sling Training (método apresentado na matéria)

Ministrado pelo fisioterapeuta alemão Cornell Coezijn

Público: fisioterapeutas e educadores físicos

Duração: 03 dias, das 9h às 18h

Sling Pilates (união dos dois métodos alemães - Sling Training e Pilates. São os exercícios do Mat Pilates executados com o aparelho do Sling Training, o Sling Trainer

Ministrado pela educadora física de Caxias do Sul, Michele Giani, criadora do método junto com

Cornell

Público: fisioterapeutas e educadores físicos

Duração: 02 dias, das 9h às 18h

Sling Desk - conhecido como o "pai" do Sling Training, é um método utilizado desde o início do século passado na Europa.

Ministrado pelo fisioterapeuta alemão Cornell Coezijn

Público: fisioterapeutas

Duração: 03 dias, das 9h às 18h

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: saúde equilíbrio fisioterapia lesões pilates