Previna-se contra as lesões no trabalho

lesõestrabalhocostas

Foto - Shutterstock

As doenças nas costas e as Doenças Osteomusculares Relacionadas ao Trabalho (DORT) são as principais responsáveis por afastamentos do trabalho atualmente. Em 2012, o Brasil registrou 705 mil acidentes de trabalho, sendo 15 mil relacionados às doenças ocupacionais, segundo a Previdência Social.

A fisioterapeuta Angela Lepesqueur, diretora do Instituto da Coluna Vertebral (ITC Vertebral) de Brasília, explica que os tipos mais comuns de doenças laborais são tendinites, sinovites e compressões de nervos periféricos. Ela alerta que sobrecargas das estruturas musculoesqueléticas causadas por posturas mantidas por longos períodos de tempo e/ou esforços excessivos das estruturas podem gerar incapacitações e degenerações nos casos mais graves.

"Todas as vezes que mantemos posturas por mais de 50 minutos a 1 hora, devemos ficar atentos, pois pode ocorrer deformidades nas fibras musculares que geram processos compensatórios nas articulações e estes processos podem levar a degenerações" diz. Outro ponto alarmante é a presença de dores relacionadas aos esforços ou as posturas prolongadas.

A especialista recomenda a procura de profissionais da saúde desde os primeiros sintomas das doenças, como dores, inchaços, contraturas musculares e processos inflamatórios.

"Nosso organismo vai se defendendo da maneira como pode, até que um dia o corpo não consegue mais compensar e o problema fica mais grave. Neste ponto normalmente ocorre o aparecimento de dores mais contínuas e com maior intensidade, e ocorre a perda da função. alerta.

Ao sentir quaisquer dos sintomas procure um médico. E fique atento, segundo a especialista 80% dos casos de invalidez aconteceram porque as pessoas só procuraram ajuda depois que o problema se deu por irreversível.


Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: trabalho lesões terapia ocupacional