Novas modalidades para ficar em forma no verão

Novas modalidades para ficar em forma no verão

Jukari. Foto Divulgação

Consciência corporal, condicionamento físico, fortalecimento muscular ou perda de peso, cada aluno tem um objetivo diante de tantas modalidades. A cada ano, principalmente próximo do verão, surgem novos equipamentos e formas de exercitar o corpo, tudo para que as aulas fiquem mais divertidas e não causem tanto impacto nas articulações.

Os exercícios feitos por meio dos movimentos de suspensão, semelhantes aos dos circos, começam a virar mania nas academias. A Reebok Sports Club, em São Paulo, criou um treino específico chamado de Jukari (brincar) que é baseado no Cirque du Soleil. As aulas são feitas com um trapézio adaptado que é preso ao teto. O equipamento pode ser ajustável e gira 360 ºgraus, o que possibilita trabalhar vários grupos musculares ao mesmo tempo.

"Esta modalidade melhora o condicionamento cardiovascular, traz equilíbrio e flexibilidade. Trabalha principalmente a musculatura abdominal, eretores da coluna, assoalho pélvico, abdutor, adutor e glúteo máximo, sem contar os benefícios psicológicos", explica a professora Patricia Beires. Apesar de o treino ser forte e vigoroso, em suspensão, Beires lembra que o ambiente também é lúdico e artístico - com o trapézio você pode até voar. "A maioria dos alunos acha uma experiência diferente, divertida e forte ao mesmo tempo, otimizando o tempo de treino na academia", aponta. A mensalidade é de R$ 378 por mês, valor para o plano anual.

[galeria]

Já no Hopping, considerado um treinamento funcional, a grande atração é o calçado Kangoo, responsável por diminuir em até 80% do impacto das atividades. Edu Costa, coordenador e professor da área de Ginástica da Cia Athletica, unidade Morumbi, explica que muitos dos movimentos são baseados na habilidade de transferência de peso de uma perna para a outra. "Alguns movimentos foram trazidos da ginástica aeróbica só que com uma facilidade maior de execução e conforto pelo fato da absorção do impacto", explica.

Os benefícios da atividade vão muito além de diminuir a possibilidade de lesões durante o treino. "Aumenta também o metabolismo e o consumo de calorias, entretanto, o mais importante é a possibilidade de organizar o corpo, estabilizar o abdômen e a coluna, alinhando adequadamente, trazendo uma consciência corporal maior. Dessa forma, o Kangoo melhora a coordenação motora e o tônus muscular, aumenta a capacidade aeróbica, e suaviza os efeitos da celulite através da drenagem linfática ‘natural’", explica. O valor da mensalidade é de R$ 386 para quem optar pelo pacote anual.

Mas para quem gosta de se refrescar e não abre mão de esportes na água, vai encontrar em algumas academias não só o hidrospinning ou hidrobike, mas também o Acqua Tramp, quando os exercícios são feitos em camas elásticas dentro da piscina.


Conforme Rogério Franze, coordenador do Departamento Aquático da Academia Ecofit, ao fazer os exercícios na água, os alunos ganham a força de baixo para cima, ao contrário do que é feito no Power Jump. "Ao mesmo tempo, eles têm a sensação de prazer de estar na água", acrescenta. Franze lembra que as práticas aquáticas, assim como o Acqua Tramp, ajudam na perda de tecido adiposo, na coordenação motora e nos casos de insônia e estresse. Na academia Ecofit, o preço da mensalidade para o plano anual é de 359 reais.

Por Juliana Lopes

Comente