Música acelerada ajuda no resultado do treino

Música faz diferença na hora do treino

Um recente estudo apontou que a música pode influenciar, sim, nos resultados do exercício físico e trazer seus benefícios. O estudo feito pelo Instituto de Pesquisa de Esporte e Ciências do Exercício, em uma Universidade de Liverpool, na Inglaterra, investigou o efeito do ritmo da música no desempenho do exercício.

Os participantes se exercitaram em uma bicicleta estacionária ouvindo música e, sem o conhecimento deles, o ritmo da música era aumentado ou diminuído em 10%.

O estudo apontou que, quando o ritmo era mais lento, os participantes pedalavam mais lentamente, assim como diminuíam sua frequência cardíaca e intensidade no geral. Em contrapartida, quando o ritmo era mais acelerado, a frequência cardíaca aumentava, além da velocidade, cadência e potência.

A pesquisa também levantou que 36% dos participantes gostaram mais de permanecer em exercício quando a música estava em um ritmo mais acelerado.

O fisioterapeuta Bryce Hastings acredita na importância da música. "Quando criamos cada nova aula, nós damos atenção especial para a escolha musical, pois sempre soubemos que ela tem o poder de ajudar os participantes a ter um treino mais eficaz", afirma.

Por Jessica Moraes

Comente

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?