Musculação pode trazer riscos de lesões

cuidado com lesões nas atividades físicas

A musculação, rotineira entre os mais jovens que buscam esbanjar suas formas, fortalece os músculos do corpo. Porém, o volume, assim como a intensidade destes exercícios podem prejudicar - e muito - a coluna, os ombros e os joelhos, se não forem prescritos por um profissional de maneira adequada. O trabalho com peso exige muito do corpo, além de uma execução correta do movimento para que não aja sobrecarga na articulação e na coluna vertebral.

Para que não ocorram lesões de sobrecargas articulares que podem levar ao afastamento do atleta por um tempo determinado, é recomendável que o aumento do peso dos exercícios seja gradativo, recomenda Rodrigo Fazio, fisioterapeuta do Instituto Paulistano de Neurocirurgia e Cirurgia da Coluna Vertebral e especialista em fisioterapia esportiva.

Fazio explica que "toda modalidade esportiva, cada uma com seu grau de impacto, pode acarretar problemas à saúde caso praticado incorretamente. Alguns esportes exigem demais do atleta, e, logo, caso o mesmo não esteja totalmente preparado para praticá-lo, os riscos também serão maiores".

A rotina de exercícios físicos e da prática esportiva traz diversos benefícios à saúde de forma geral. Entretanto, a prática de atividade física, da forma incorreta, pode acarretar prejuízos - em alguns casos irreversíveis - à coluna, bem como a outras articulações importantes do corpo humano, entre elas o quadril, os joelhos e os tornozelos, sem descuidar dos ombros e cotovelos.


O especialista elenca que "os maiores riscos estão concentrados principalmente na coluna lombar seguida da cervical, região do pescoço. Em determinados casos, as lesões musculares também aparecerem por excesso de treinamento e quando não existe o tempo devido de recuperação do músculo.

Por Jessica Moraes

Comente