Musculação feminina: mitos x verdades

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
musculação feminina

Shutterstock

Muito se fala por aí sobre a musculação feminina. Efeitos e consequências, hormônios, taxas de gordura... O que é verdade e o que é mito no universo dos treinamentos da mulherada?

O professor da Ecofit Club, Fernando Carboni Sichieri decifra algumas dessas crenças , olha só!

Músculos - Segundo Sichieri, um dos principais hormônios responsáveis por aumentar a massa muscular é a testosterona, presente tanto em homens quanto em mulheres. A diferença é que, no sexo masculino, o organismo produz essa substância em maior quantidade, o que diferencia o resultado da musculação entre os dois sexos. "É praticamente impossível para uma mulher ganhar músculos enormes levantando pouco peso. Aquelas que praticam musculação com frequência e têm uma boa alimentação terão um corpo tonificado e definido, mas não masculinizado. Em fisiculturistas profissionais, são usadas outras substâncias para atingir um corpo forte e com muitos músculos", explica.

Gordura - O professor explica também que músculos e gordura são tecidos diferentes, por isso não é possível transformar um no outro. "O que acontece é a diminuição da gordura por meio da aceleração do metabolismo, resultado do ganho de massa muscular gerado pela combinação entre treinamento aeróbio e dieta balanceada", explica.

Outro mito: Algumas mulheres acreditam que se pararem de treinar terão seus músculos transformados em gordura. "O que realmente ocorre é a diminuição do músculo devido à falta de estímulo e ao ganho de gordura por causa da inatividade e, geralmente, abandono da dieta", diz Sichieri.

Comida - O educador físico alerta também que as mulheres devem ter muito cuidado com a crença de que se treinarem podem comer o que quiserem. "Não é por que você treina que pode comer de tudo, e em grande quantidade. A conta é simples: se você ingere mais calorias do que consegue queimar, acaba engordando. Por isso, é interessante procurar um profissional na área de alimentação e, por meio de uma dieta balanceada, conseguir fazer o balanço negativo de calorias para resultados positivos", esclarece.

Exercícios aeróbios - Fernando Sichieri recomenda ainda que as mulheres combinem exercícios aeróbios com musculação. "Você até pode emagrecer fazendo só exercícios aeróbios, porém, além de perder gordura, perderá também massa muscular. Além disso, combinando os dois exercícios você tem a queima de gordura acentuada, fica com a musculatura firme e minimiza lesões". O professor finaliza com um conselho básico, mas fundamental: "Se você treina ou pretende treinar, procure sempre um profissional de educação física", conclui.

Por Vila Mulher

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente