Malhação para a terceira idade

Malhação para a terceira idade

foto: divulgação

Sem dúvida alguma, a prática regular de exercícios físicos pode contribuir muito para a saúde do idoso. Além de uma alimentação saudável e equilibrada, a atividade física previne doenças e regenera o organismo, além de aumentar a qualidade de vida e o bem estar de quem está na terceira idade.

Entretanto, surge a dúvida: o que é melhor nessa idade? Praticar exercícios aeróbios ou exercícios com peso? Ambas as atividades promovem melhora da densidade mineral óssea, ou seja, mantendo os ossos mais fortes, previne o diabetes e diminuem a incidência de quedas.

Se o objetivo, no entanto, for a melhora da condição cardiovascular, redução da pressão arterial, melhora dos níveis de colesterol e do coração, os exercícios aeróbios (andar, pedalar, nadar) são mais eficazes.


Por outro lado, para aumentar a força e a massa muscular, os exercícios com pesos são mais eficientes.

O ideal, antes de tudo, é procurar um médico que sabe avaliar as condições físicas de cada tipo de pessoa, e indicará o exercício mais apropriado e seguro.

Os benefícios que a atividade física promove à pessoa mais velha vão muito além: combate a depressão e eleva a autoestima, mantém o cérebro alerta, prevenindo a perda de memória e doenças como Alzheimer ou demência, garante um sono melhor, mantém o peso ideal e ainda garante ao idoso uma maior independência de sua vida.

Por Jessica Moraes

Comente