Ioga Tibetana, equilíbrio físico e psicológico

[img=2]

Em um mundo estressante, nada melhor do que quinze minutos para relaxar e esquecer dos problemas. O Kum Nye, também conhecido como ioga tibetana, é um sistema de relaxamento baseado em exercícios físicos e de respiração. O Instituto Nyingma é o único autorizado pelo criador da técnica, Tarthang Tulku, a ensinar este tipo de ioga no Brasil.

Os exercícios são lentos, delicados e suaves, provocando relaxamento físico, psicológico e emocional. Segundo Rita Toledo, diretora do Instituto Nyingma e professora de meditação, a ioga tibetana trabalha com a integração em vários níveis. “Quando a pessoa relaxa os ombros por meio de um exercício, não relaxa a tensão apenas no nível físico, mas sim tudo o que ocasionou aquela tensão”, diz.

A técnica, vinda da medicina tibetana, é utilizada para aliviar o estresse, diminuir a ansiedade, integrar corpo e mente, e transformar padrões negativos. “Ela trabalha os nossos sentidos, abre percepção, suaviza o coração, abre para sentimentos positivos. A pessoa fica mais satisfeita, desfruta mais das coisas”, explica Rita.

A ioga tibetana é ótima para a saúde do corpo e da mente. Ela fortalece, revigora, energiza e não tem contra-indicação. “A particularidade do Kum Nye é integrar e equilibrar o físico e o psicológico”, completa a especialista.

Fonte - MBPress

Comente