Engatinhar pode ser um poderoso exercício físico

Engatinhar

Foto: © Stanton j Stephens/Corbis

Quem diria, a nova tendência em malhação é engatinhar. A novidade que tem tomado conta das academias de Londres, na Inglaterra, prega que o ato de engatinhar, que nada mais é que fazer movimentos lentos com as mãos e os pés no chão, pode ser tão eficaz quanto qualquer exercício físico intenso.

Para quem quer fugir da rotina da musculação, engatinhar se tornou uma alternativa comum por lá. Os novos adeptos estão se animando com os resultados rápidos da nova modalidade. Com a orientação de um personal trainer, os praticantes criam mais resistência para o corpo. Quem treina dessa forma também usa mais músculos para se manter firme e em movimento, o que é uma ação mais difícil.

Engatinhar é considerado um exercício funcional (assim como correr, pular, escalar) por ser intuitivo e bem dinâmico. Os movimentos não só fortalecem os músculos e os tecidos de braços, pernas e coluna, como também requerem coordenação do corpo e da mente.

Para fazer o exercício de forma adequada, apenas as mãos e as pontas dos pés devem tocá-lo e o corpo deve ficar bem pertinho do chão, mas sem rastejar. Dessa forma o corpo é condicionado a se fortalecer ainda mais.


A modalidade ainda não conquistou as academias do Brasil, por enquanto! E mesmo que os bebês sejam capazes de engatinhar, isso não significa que todos os adultos estejam liberados para praticar a modalidade. Por ter uma alta resistência, os movimentos são considerados intensos para quem está começando.

Por Jessica Moraes

Comente