De salto alto! Conheça a sensual e elegante dança Stiletto

Stiletto

Foto: Reprodução/ World dance new york

Sabe a coreografia incrível do clipe "Single Ladies" da Beyoncé? Se você não conhece, não perca mais tempo. Usando apenas um colã preto e salto alto no estilo agulha, a popstar foi megaelogiada e copiada por fãs do mundo inteiro, merecidamente. Agora, a dança popularizou e chegou até você. Isso mesmo. Está na hora de saber mais sobre a sexy e elegante técnica do Stiletto e até, quem sabe, praticar!

A palavra "Stiletto" na verdade tem tradução livre para algo pontudo, como um estilete ou uma agulha. Por conta disso, a dança Stiletto é realizada por mulheres usando salto alto fininho, no estilo agulha.

A professora de dança Maria Fernanda Kolda, da academia Bio Ritmo, contou que as alunas devem usar um sapato confortável que não ultrapasse os 10 cm. "As iniciantes devem usar saltos mais baixos."

Com nascimento nos palcos da Broadway, pela professora Dana Foglia, o Stiletto funciona como um potente exercício aeróbio, proporcionando melhora da consciência corporal, condicionamento cardiorrespiratório, além do alto gasto energético (a boa queima de calorias) de forma divertida.

"No Stiletto, os participantes queimam em média 400 kcal em uma aula de 45 minutos bem executada", conta a especialista. Essa queima é equivalente ao gasto em aulas que usam a dança, como Zumba e Sh’bam.

As aulas geralmente são praticadas até três vezes por semana. "Durante esses minutos você vai aprender a andar de forma confiante, determinada, sem perder a delicadeza, e a se movimentar e atrair atenção para si", explica a professora.

O desenvolvimento da aula é progressivo, como detalhou Maria Fernanda, e ajuda a não ter lesões por conta do uso do salto. "Começamos com um aquecimento global de aproximadamente 5 minutos e alongamento dinâmico e articular de 5 minutos. A primeira parte da dança é executada utilizando tênis e varia entre 15 e 30 minutos. Na segunda fase, de 5 a 10 minutos, as participantes colocam seus sapatos de salto e então fazemos um processo adaptativo, ensinando a se deslocar e fazer transferências de peso corporal sobre o salto. É aqui que a mulher aprende a como se movimentar com leveza, feminilidade e segurança".


O fim da aula é um show! "Na terceira fase, de 15 a 20 minutos, passamos a coreografia ensinada na primeira fase e a repetimos por três ou quatro vezes", conclui a dançarina.

Essa modalidade não tem contra indicações, viu? Mesmo assim é importante fazer um exame detalhado antes, principalmente se você tem um histórico de dores nos joelhos seja ao usar salto ou não. Não deixe mais a sensualidade apenas com as cantoras do pop como Rihanna e Anitta. Aflore seu lado sexy com confiança e deixe sua autoestima lá em cima. Basta colocar o salto alto e aprender a arrasar com o Stiletto!

Por Alessandra Vespa (MBPress)

Comente