Cintas para malhar funcionam?

A cinta tem pontos positivos, mas não faz milagres. Saiba mais sobre esse acessório polêmico
cintas para malhar

Foto: Reprodução

As cintas para malhar são o novo acessório das famosas para a academia. Elas são as queridinhas de mulheres como as irmãs Kardashians, Fernanda Souza e até Claudia Raia! Mas será que elas são mesmo efetivas e, principalmente, saudáveis para seu corpo?


Para falar mais sobre isso, o preparador físico e criador do aplicativo Foco Saúde, Fernando Alves, esclareceu para o VilaMulher as principais dúvidas sobre a eficiência do produto. Veja a seguir perguntas frequentes sobre as cintas, chamadas de Workout Corselet (corsete para malhar):

1) Para que serve a cinta para malhar? 

A cinta modeladora tem benefícios clínicos e estéticos, no que diz respeito à moldar o corpo, ajudar a afinar a cintura e até mesmo em pós-operatório, principalmente na região abdominal. Ultimamente muitas pessoas estão utilizando a cinta durante a atividade física, porém é uma questão a se discutir. 

2) Ela é eficaz na redução de medidas? 

Com o uso contínuo e por tempo prolongado, a compressão exercida realmente pode ajudar nos resultados de modelagem da cintura.

3) É apropriada anatomicamente para os exercícios? Quais os malefícios? 

O uso da cinta durante os exercícios tem uma ação controversa. A compressão que ela faz na cintura dá uma maior sensação de segurança na execução dos movimentos, porém a mesma compressão acaba por diminuir a necessidade da ativação das musculaturas envolvidas, fazendo com que as mesmas fiquem fracas e deixem a coluna desprotegida e suscetível a inflamações e até lesões mais graves, como hérnia de coluna.

cintas para malhar

Kardashians usando "Workout Corselet" (corsete para malhar) Foto: Reprodução

4) A pressão da cinta faz mal ao corpo? 

Além da diminuição da ação dos músculos, a cinta pode comprimir o diafragma, prejudicando a respiração e, consequentemente, prejudicando a distribuição de oxigênio, essencial na prática de atividades físicas.

5) Existe mais algum benefício? 

A cinta favorece a sudorese, eliminando líquido e, consequentemente, medidas. No caso de pós-operatórios e pós-parto, a cinta tem benefícios auxiliando os tecidos deslocados a voltarem aos seu lugares.

6) Quais as contra-indicações? 

Pelas consequências previstas, não recomendo o uso de cinta durante as atividades físicas.

7) Como potencializar os resultados da cinta?

Alimente-se adequadamente, fortaleça seus músculos para que fiquem durinhos e definidos e, em caso de recomendação clínica ou estética, use a cinta em outros momentos do seu dia-a-dia, se realmente for necessário.

Por Thamirys Teixeira

Comente