Boxe - mulheres aderem ao esporte

boxe

Foi-se a época em que o boxe era considerado um esporte masculino. Nos últimos anos, ele tem sido muito procurado pelas mulheres, pois além de queimar calorias, os golpes praticados ajudam a modelar o corpo.

Uma aula de boxe envolve muito mais do que socos. Fôlego, coordenação e tática são fundamentais para a prática do esporte. Por isso, ele é indicado para mulheres que já têm um bom condicionamento físico.

As aulas costumam ser divididas em rounds, três minutos de atividades e um de descanso. A seqüência é simples: alongamento, alguns rounds pulando corda, intercalados por flexões e abdominais, mais alguns minutos treinando golpes nos sacos e pelo menos três de sparring (golpear um atleta enquanto ele apenas se defende) em cima do ringue.

Além de emagrecer, você deixará seus músculos torneados, ganhará condicionamento físico e descontará todo o estresse do dia-a-dia. Pois é, não há nada melhor do que colocar todos os problemas para fora com golpes “cruzados” e “diretos”.

O boxe trabalha todos os músculos do corpo. Além dos braços, que estão em constante movimento, as pernas também não param. Cada golpe é acompanhado de uma passada ou uma esquiva (capacidade de desvio do golpe do oponente).

Durante uma aula, a aluna é capaz de queimar cerca de 1.500 calorias, o triplo de um treino de corrida ou musculação. Isso sem contar o charme das roupas. As luvas coloridas e os shorts personalizados deixam as mulheres ainda mais empolgadas para a prática do esporte.

Fonte - MBPress

Comente

Assuntos relacionados: atividade física emagrecer boxe