Board fitness: a nova sensação do treinamento funcional

Board Fitness

Foto divulgação

Em 2006, Mateus Benelli teve a ideia de misturar os movimentos que praticava em cima do skate com o treinamento funcional das aulas de academia e criou - com patente em 2010 - o board fitness. O equipamento nada mais é do que uma pequena prancha com rodinhas embaixo que permite a perda de até 800 calorias durante uma aula.

"Criei o aparelho para uma pesquisa de emagrecimento em cima de bases instáveis e acabei protocolando exercícios em cima dele. Com isso, montei 4 métodos de aula, com estratégias diferentes, para obter o maior gasto possível em um treino de 30 a 40 minutos no máximo", conta Benelli, sócio proprietário da Empresa Board Fitness, que oferece aulas para instrutores conhecerem e aplicarem o método em suas academias.

Dentro do treino funcional, que é bem intenso, usa-se apenas o equipamento das rodinhas e nada mais. "Em cada aula fazemos sete treinos diferentes em planos diversos. Por exemplo, temos exercícios em pé, deitado e sentado", conta.

Existem quatro métodos diferentes para se aplicar o board fitness: bissemelhante, alternado semelhante, alternado total e evolutivo. Segundo o professor, "o alternado total é o mais utilizado, já que é o que tem mais gasto de caloria".

Durante os métodos, os treinos vão propiciar fortalecimento e definição do corpo em geral, trabalhando todos os músculos e dando ênfase nos músculos do Core - abdômen, glúteos e músculos paravertebrais (os da coluna). As aulas ainda oferecem o fortalecimento dos músculos que envolvem as articulações, diminuição de dores nas costas, emagrecimento e diminuição da gordura abdominal.

Board fitness

Foto - Divulgação

Sobre os riscos de lesões durante a prática do board fitness, Benelli garante: "Não há riscos já que os métodos das aulas são adaptáveis, de acordo com o físico de cada um, desde o sedentário até o que já está acostumado com exercícios".

Já para pessoas com problemas no joelho alguns exercícios podem ficar restritos. No entanto, o professor afirma que o treino é útil no caso servindo como fisioterapia.

Se o seu foco é emagrecer, o criador do board deixa bem claro: "Como não é um exercício que você precisa se recuperar, pode fazer aula todos os dias. E como o modelo de aula muda toda a semana, você não vai se cansar do exercício, pois nunca se repete".

Outra modalidade em que Benelli aplicou o board é o pilates. "Usamos as metodologias do pilates aplicadas ao equipamento. Vai ajudar na melhora da postura, na tonificação muscular, fortalecimento dos músculos do abdômen e a diminuir dores nas costas", explica.

A empresa do professor conta com uma grande equipe que leva o curso do board fitness para cidades de todo o Brasil. Confira se a academia mais próxima já não aderiu à moda!


Por Alessandra Vespa (MBPress)

Comente