Atividades que podem prejudicar os joelhos

joelhos

Shutterstock

A maioria das pessoas não se importa com os joelhos até sentir uma dor ou desconforto neles. Esta articulação é uma das mais importantes para a autonomia do individuo. Muitos desprezam e não dão importância, mas simples movimentos do dia a dia podem causar problemas sérios para os joelhos.

A cada passo dado, por exemplo, o joelho recebe um impacto equivalente uma vez e meia a duas vezes o peso do corpo, quando corre a sobrecarga é de seis a oito vezes o total de quilos, ou seja, estes movimentos que fazem parte da rotina das pessoas sacrificam e muito os joelhos, principalmente, quando a pessoa está acima do peso. O perigo aumenta significativamente quando resolve começar uma atividade física sem orientação profissional.

O risco também está presente quando a pessoa sedentária resolve que mudará o estilo de vida e, como não faz nenhuma atividade, trocará os elevadores e escadas rolantes por subir e descer escadas, acreditando que é uma prática saudável. Geraldo Granata Junior, ortopedista especialista em joelhos e diretor do CTJ - Centro de Tratamento do Joelho, explica que neste caso o que a pessoa está fazendo é forçando as articulações e gerando desgaste da cartilagem da patela - pequeno osso que fica a frente das juntas do joelho.

Segundo o ortopedista, o simples fato de ficar sentado por muito tempo sobrecarrega a patela. "Outra ação que a maioria das pessoas pratica diariamente é agachar-se para pegar algo ou mesmo ligar um aparelho, este movimento pode gerar um rompimento do menisco, geralmente percebida como uma fisgada que mais tarde poderá se confirmar como um problema sério e, na maioria dos casos, cirúrgico", afirma.

As articulações dos joelhos também são forçadas quando o indivíduo senta-se sobre os pés, desce ladeiras ou corre, anda em pisos inclinados e até quando resolvem dar uma volta de bicicleta não adequada para o seu tipo físico.

"Vale ressaltar que pequenas lesões no menisco ou nos ligamentos cruzados, muitas vezes provocam alterações imperceptíveis ou instabilidades nos movimentos que acarretam na antecipação do processo degenerativo dos joelhos, por isso, ao menor sinal de desconforto é importante consultar um especialista, quando o problema é detectado precocemente o tratamento é menos traumático e mais eficaz", esclarece Granata.

Prevenção

Para prevenir problemas nos joelhos é recomendável avaliar os joelhos e verificar se eles estão aptos a realizar a atividade física de preferência, adequar a caminhada e a corrida de acordo com a realidade física e alongar os membros inferiores é importante, pois mantém uma boa flexibilidade.


"É essencial que antes de iniciar qualquer atividade física sejam realizados os testes cardiológicos e exames ortopédicos, afinal, nenhum joelho é igual a outro e alguns exercícios podem ser benéficos para algumas pessoas e danosos para outros", conclui o especialista.

Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: saúde joelhos cuidados joelhos