7 erros comuns na academia

erros academia

© Lear Miller Photo/Corbis

Quem treina na academia sem a supervisão de um personal trainer está sujeito a comer erros comuns que podem comprometer o resultado do treino, e ainda correr o risco de lesões. Então saiba quais são esses erros para não prejudicar a malhação e muito menos sua saúde:

Não se alongar - exercícios de alongamento são essenciais, não só pelo relaxamento, mas porque previne lesões. Alongue-se antes e depois do treino!

Não intercalar os exercícios - se você pratica sempre os mesmo exercícios, seu corpo não se sente desafiado, limitando os resultados. Além disso, você fica sujeita a lesões pelo esforço repetitivo. Varie o treino com caminhadas, corridas, pedaladas... seu corpo agradece!

Não usar uma roupa adequada - as melhores peças de roupa para treinar são aquelas práticas, leves, com tecidos que respiram e se adaptem ao seu corpo.

Exagerar no treino - treinar em excesso ou em um ritmo intenso demais, o chamado "overtraining", que pode trazer graves consequências, como fraturas e até mesmo perda de músculos. Moderação, sempre!

Treinar de forma irregular - treinar uma semana inteira e na semana seguinte não se movimentar em nenhum dia também pode trazer prejuízos. Além de perder os resultados de um treino feito com regularidade, aumenta o risco de lesões quando você for recomeçar a prática.

Treinar em jejum - treinar em jejum aumenta o risco de uma hipoglicemia e ainda faz com que o corpo queime massa magra ao invés de gorduras. Mas treinar de estômago cheio também pode fazer mal: além de dificultar a digestão, pode levar a enjoo, náuseas e mal-estar. Prefira se exercitar duas horas depois da refeição.


Ignorar os sinais do corpo - não ignore tonturas, dores musculares fortes e mal estar. São sinais do corpo que indicam que tem alguma coisa errada. Se sentir algum destes sintomas, diminua o ritmo e procure orientação médica.

Por Jessica Moraes

Comente