Use o ferro a vapor sem medo

Ferro a vapor

Foto: Pietatus Causa/photonewzealand/Corbis

O ferro a vapor ainda intimida muita gente, né?! Tanto que as donas de casa mais tradicionais preferem ferros que não tenham a função do vapor. Seja por medo ou simplesmente falta de prática, basta um pouco de atenção para se render as facilidades que o eletrodoméstico proporciona.

Entre os benefícios estão o vapor de água quente que, incorporado ao calor da chapa de metal, ajuda na hora de eliminar vincos e rugas nas roupas, além da autolimpeza, spray de água e base antiaderente.

Antes de tudo, vale dar uma lida no manual do seu produto para esclarecer todas as dúvidas. Feito isso, não se assuste quando o ferro a vapor for ligado pela primeira vez na tomada. É normal que ele libere uma pequena quantidade de fumaça, o que não significa que ele esteja pegando fogo.

Fabricantes explicam que essa fumaça, totalmente inofensiva, acontece por causa de substâncias lubrificantes internas, que protegem melhor o aparelho. Menos mal!

E como o produto é a vapor, nada mais justo que aproveitar o recurso. Uma recomendação importante: use só água no compartimento específico, ainda que seja mineral, dessas que a gente compra no mercado. Dispense amaciantes de roupa ou qualquer outro produto dentro do ferro, pois danificará o funcionamento e você corre o risco de perder a garantia.

Quanto à quantidade de água, em geral, os ferros trazem essa marcação. O nível mínimo serve para vapor moderado ou roupas com poucos vincos, e o máximo para roupas com vincos mais persistentes. Use o vapor quando for passar peças de lã, poliéster, algodão, jeans ou linho.

Vale dizer que o aparelho deve estar desligado da tomada para colocar a água. Cuidado para não derramá-la no ferro e para não esquecer de esvaziá-lo quando terminar de passar. E, para manter a potência do vapor, faça a autolimpeza uma vez ao mês.

Ainda que o ferro não seja o vilão no consumo de energia diário de uma casa, a média é de 7,2 kWh/mês (considerando uso de 12 horas mensais), segundo o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec). Por isso é interessante acumular uma certa quantidade de roupas, na semana, e passá-las todas de uma vez só.

Depois de tudo terminado, faça uma limpezinha no aparelho!

  • Não use esponjas de aço, que arranham a superfície e impedem que ela deslize facilmente sobre os tecidos.
  • Misture com ½ copo de água e ½ copo de vinagre branco e, com o ferro numa temperatura baixa, umedeça uma esponja bem macia com essa mistura e passe na base. Depois de remover a sujeira é só desligar o ferro, esperar esfriar e passar um pano limpo e úmido para retirar completamente os resíduos.
  • Na hora de tirar seu ferro da tomada, coloque na temperatura mínima e sempre puxe pelo plugue, nunca pelo fio.
  • Espere a chapa de metal esfriar para guardar no armário, e não deixe o fio entrar em contato com a superfície quente.
  • Por Natália Farah

    Comente