Terapia de menta

Terapia de menta

Terapia de menta. Foto: divulgação.

A menta, também conhecida como hortelã em algumas partes do mundo, é utilizada com diversos fins: anti-séptica, aromática, digestiva, expectorante e até mesmo estética. Isso mesmo, estética.

Agora existe no mercado a chamada terapia de menta, perfeita para o verão. "Ela é ideal para refrescar e hidratar a pele com o delicioso aroma de menta no verão", comenta Nidia Gonçalves, gerente da Spa DiCorp, do Rio de Janeiro.

A terapia também trás alguns outros benefícios. "Ela melhora a circulação sanguínea, provoca um relaxamento intenso, refresca e hidrata bastante a pele, o que até valoriza o bronzeado", afirma a profissional.

Como ela funciona? "O primeiro passo é uma massagem com mousse de menta fresca. Logo depois, a pele recebe hidratante de cânfora e hortelã, para tirar o aspecto ressecado do pós-sol, e hidrata bastante para valorizar o tom bronzeado. No final, é feito um delicioso banho de imersão de ozônio com menta e folhas de alecrim", explica Nidia. Assim você sai relaxada, sem estresse e, associada à cromoterapia, você ainda ganha o bônus de equilíbrio hormonal. No pós-praia ela parece pedida certa.

O melhor de tudo é que não há contra indicações. "Qualquer pessoa, de preferência maior de 16 anos, que precise de relaxamento e queira hidratar a pele pode fazer", diz Nidia.

E o resultado é super rápido. Nidia garante a diferença na textura da pele - e no humor do cliente, claro - é imediata. "Na primeira sessão já vemos diferença, a pele é outra e a pessoa sai renovada!", enfatiza a profissional.


Nidia aconselha fazer uma sessão por semana, durante um mês inteirinho, para um resultado prolongado. Cada sessão dura uma hora e custa R$ 230.

Por Tissiane Vicentin (MBPress)

Comente