Somália é o pior país para nascer

Suécia é apontado como o melhor país para nascer e

Um mapa elaborado pela ONG Save the Children, avalia que a Suécia é o melhor país para nascer e a Somália o pior, levando em consideração a situação das crianças em 168 países.

O "Mapa da sobrevivência infantil", apresentado em Madri na semana passada, trouxe dados publicados pela ONU sobre mortalidade infantil, escolarização e assistência sanitária.

Segundo a ONG, morrem por dia 22 mil crianças com menos de cinco anos no mundo por razões que poderiam ser prevenidas, com vacinas em casos de doenças e assistência de alimentos no combate à fome.

Na Somália, duas em cada três crianças não estão na escola, enquanto praticamente todas as crianças da França, Itália, Espanha e Suíça completam o ciclo escolar até o Ensino Médio.

"O contraste entre os primeiros e os últimos países da lista é dramático e deixa claro como é urgente a necessidade de acelerar os avanços em saúde, bem-estar, tanto das crianças quanto das mães", disse a porta-voz de Save the Children, Maria Jesus Mohedano.


Ela defendeu a obrigação de dar assistência sanitária às crianças, independentemente de onde vivam, e para isso propôs vacinar ao menos 90% das crianças que vivem em países pobres, construir 3,5 milhões de sanitários e aumentar o orçamento nos programas de saúde e educação dos países em vias de desenvolvimento.

Por Jessica Moraes

Comente