Seu cachorro mais feliz

Seu cachorro mais feliz

Pequenas atitudes e estímulos podem tornar seu cãozinho mais feliz. Observe seus próprios hábitos e tente refletir como anda a vida do seu bichinho. Será que ele não está precisando de mais atenção do dono?

Se o seu cão está com tédio, pode sofrer conseqüências como ansiedade, estresse e até compulsão, como lamber a pata até feri-la, por exemplo.

Garanta o passeio de todo dia - uma garantia fundamental de saúde física e emocional ao cachorro são as caminhadas feitas diariamente. Além de queimar energia, permitem que o cão tenha contato com novas situações, pessoas, animais e tudo o que há nos arredores. O programa é importante inclusive para cães que vivem no jardim. Procure alternar os percursos. Se nem sempre há um tempo exclusivo para dedicar ao passeio com o animal, leve o cão com você nos pequenos afazeres. Ao sair para deixar as crianças na escola ou buscar pão, vá com ele.

Brinque com ele - Brincadeiras regulares são uma das formas mais efetivas de estabelecer e manter um forte elo entre o dono e o cachorro. Lembre-se que pequenas sessões no decorrer do dia são preferíveis a uma única sessão longa.

Promova encontros com outros cães - É preciso interagir com outros animais. Se possível tenha mais um cachorro ou gato, já que a presença de outro animal proporciona companhia 24 horas ao seu cão. Estude antes a possibilidade de adaptação dos dois, verifique se não há eventual incompatibilidade com relação a cão do mesmo sexo, etc.

Estimule os sentidos dele - Se você tem o hábito de ouvir rádio, deixe-o ligado, pois ajuda a tranqüilizar o cão quando você sai. Ou toque CD com música, cada cão têm suas preferências musicais, mas em geral eles adoram óperas e músicas clássicas como Beethoven e Mozart.

Estimule o cão a usar o focinho. Antes da caminhada diária e depois de 30 minutos andando sem parar, deixe o cão farejar a vontade. Na hora da comida, proporcione variedades de sabor: alterne petiscos de sabores e texturas diferentes, como biscoitos para cães e mastigáveis com sabor (sirva pequena quantidade, para não desbalancear a alimentação e tenha cautela com corantes - pode causar alergia em alguns cães). Cuidado com alimentos tóxicos: não sirva chocolate, uva ou uva passa, que são tóxicas para os cães.


Demonstre afeto - de vez em quando, faça um carinho no cão. Massagear é uma ótima opção - isso vai trazer mudanças comportamentais extremamente benéficas e maior facilidade no manuseio ao dar remédio, cortar as unhas, etc. Massageie pelo menos três vezes por semana todo o corpo do cão, inclusive orelhas e patas.

Por Jessica Moraes

Comente