Salma Hayek paga suas próprias contas

Mesmo casada com bilionário, atriz faz questão de manter sua independência
salma hayek

foto: Shutterstock

A atriz mexicana Salma Hayek é casada com um dos homens mais ricos da França, François-Henri Pinault, que detém uma companhia de luxo com grifes caríssimas como Gucci e Saint Laurent. Por isso não é surpresa vê-la marcando presença nas semanas de moda europeias, nem descobrir que seu closet é recheado das peças mais caras.


O que impressiona mesmo é que, apesar da comodidade, Salma não é nenhuma dondoca da alta sociedade. Ela continua trabalhando e pagando suas próprias contas. Só esse ano ela está presente em cinco filmes a serem lançados em breve, sem contar os projetos paralelos: a atriz é cofundadora de uma organização em prol da saúde e da educação de mulheres e crianças ao redor do mundo, a Chime For Change. Uma das atividades da instituição é construir escolas para refugiados sírios na Turquia e no Líbano. Não é fraco não.

Em entrevista ao jornal britânico “The Guardian”, ela fala sobre essa escolha de continuar trabalhando e se manter independente, mesmo sendo casada com um homem tão rico. “Ainda pago as mesmas contas que sempre paguei e sei que tenho que fazer certa quantia de dinheiro para pagá-las.Se você tirasse minhas contas de mim, me sentiria absolutamente estranha. Acho que é parte do que me dá confiança, de trabalhar, de saber que posso pagá-las. Morreria se minha vida só fosse ir à manicure e almoços. Isso seria um pesadelo. Essa era uma condição quando me casei com François. Eu disse: 'Olha, não vou ser uma dama da alta sociedade, ok?’ E ele disse: ‘É claro, eu odiaria isso!'”.

Feminista, sim senhora!

Se ela é feminista? Com certeza! “Sou feminista, porque tenho orgulho de ser mulher e sou apaixonada por fazer do mundo um lugar melhor para as mulheres.  Há uma enorme pressão sobre as mulheres agora. Você tem que ser muito melhor do que seus colegas homens, só assim talvez você possa conseguir o mesmo salário que eles. E você ainda tem que ser uma boa esposa e mãe. E agora também precisa ser magra e aparentar 20 anos quando tem 40. É demais. Precisamos parar com as expectativas loucas, nos dar um tempo,” declara. E não que ela está certa? É pressão demais sobre as mulheres! Chega de cobranças, não devemos nada a ninguém!

Por Jessica Moraes

Comente

Assuntos relacionados: famosos feminismo