Quase tudo...

Eu fiquei encantada com o livro Quase tudo da colunista Danuza Leão. Até me emocionei com sua história de vida, de luta, do amor da família, de perdas e ganhos, encontros e desencontros. Um livro envolvente, gostoso de ler até o fim. Indico pra todos. Um ótimo livro.

Danuza Leão nasceu em Itaguaçu em 26 de julho de 1933, no Espírito Santo, e aos dez anos foi para o Rio de Janeiro. Depois de exercer atividades variadas, tornou-se jornalista. Suas crônicas encontram-se reunidas em Danuza todo dia, Crônicas para guardar e As aparências enganam. Seu maior sucesso foi o livro de etiqueta Na sala com Danuza (1992), que liderou a lista dos mais vendidos durante um ano, e teve uma edição revista, Na sala com Danuza 2, em 2004 e uma edição de bolso pela Companhia das Letras em 2007. Também pela Companhia das Letras publicou seu livro de memórias, Quase tudo (2005). Irmã da cantora Nara Leão, foi casada com o jornalista Samuel Wainer, fundador do extinto jornal Última Hora. É mãe da artista plástica Pinky Wainer, do jornalista, já falecido, Samuca Wainer e de Bruno Wainer, empresário do ramo de distribuição cinematográfica.

Comente

Assuntos relacionados: livros