Proteja-se do golpe da "saidinha de banco"

Protejase do golpe da saidinha de banco

Muitas pessoas sofrem o golpe da "saidinha de banco" diariamente. E a falta de atenção é um grande colaborador dos oportunistas que caçam alguma chance de se dar bem com o golpe. A Polícia Militar do estado de São Paulo em conjunto com a Federação Brasileira de Bancos, FEBRABAN, está realizando uma campanha de orientação para evitar este tipo de golpe: Saque Seguro. O Vila Equilíbrio traz as dicas da FEBRABAN de como se proteger e evitar o golpe.

O Diretor Técnico da FEBRABAN, Wilson Gutierrez, afirma que a ação visa ser um serviço para a população. "Nosso trabalho acontece em conjunto com as entidades da área de segurança pública, mas é um trabalho da Comissão de Segurança Bancária, que analisou e desenvolveu as dicas para a população. É uma colaboração da FEBRABAN para a população em geral",afirmou o diretor.

O golpe funciona da seguinte forma, algumas pessoas conhecidas como "olheiros", passam um tempo rondando e observando alguns estabelecimentos comerciais como bancos e casas lotéricas. Nas agências bancárias os "olheiros" fingem realizar alguma operação enquanto observam as prováveis vítimas do golpe. Depois eles passam a informação para outro indivíduo, normalmente por telefone ou mensagem de texto, e esse comparsa que recebe a informação do lado de fora do banco aguarda a vítima descrita sair. A maior parte das pessoas é atacada quando já está distante da agência, ou seja, são seguidas por algum tempo antes da abordagem.

Gutierrez informou ainda que a instituição tem duas ações com a participação da Polícia Militar voltadas para a área de segurança: Saque Seguro e Conheça seu Comandante. Saque Seguro visa evitar o golpe da "saidinha de banco" e Conheça seu Comandante é um café da manhã nas agências com os Comandantes da Polícia Militar, a fim de aproximar PM e funcionários das agências. "O Saque Seguro trabalha dicas e questões de segurança, organizadas em folders que são distribuídos pelos policiais militares em visitas às agências bancárias. Eles fazem prevenção no autoatendimento e na agência, e a presença da PM é importante para mostrar a relação que existe entre as instituições. Esta presença é benéfica, inclusive, para o comÉrcio do entorno", explicou.

segundo o Diretor Técnico da FEBRABAN, a intenção é que a campanha se estenda para todo o país. Abaixo, as dicas da FEBRABAN para se proteger do golpe da "saidinha de banco":

- Evitar sacar valores altos em espécie. Preferir sempre as transações eletrônicas, que oferecem mais segurança, comodidade e eficiência. Exemplos: DOC, TED, transferência via telefone e Internet;

- Se tiver de realizar saques de valores altos, nunca contar dinheiro em público; se houver necessidade fazer em local reservado da agência. Algumas instituições possuem locais reservados para essa finalidade. Informe-se com um funcionário do banco;

- Procurar ir ao banco sempre acompanhado;

- Ser discreto e rápido ao conferir o seu dinheiro e sair do banco;

- Desconfiar de pessoas que fiquem por longo período dentro das agências sem realizar qualquer operação;

- Caso sentir que está sendo observado ou seguido, entrar num local movimentado e acione a Polícia Militar (190) e informar as características do observador;


- Ao efetuar depósitos no caixa eletrônico, tomar cuidado para que não haja troca de envelopes. Não pedir, nem aceitar ajuda de estranhos. Procurar, sempre, a ajuda de um funcionário do banco, identificado;

- Se desconfiar de que está sendo observado por suspeitos no interior de uma agência, procurar um funcionário do banco identificado ou um segurança.

Por Catharina Apolinário

Comente