Preste atenção aos sinais do corpo

O corpo e seus sinais

Soluço, bocejo, arrepio, por que sentimos isso? Parece que não servem para nada, mas muito pelo contrário: eles muitas vezes podem ser avisos do corpo, indicando que algo está alterado...

Arrepio - Arrepio é uma função corporal humana em resposta ao frio. Os pêlos levantados fazem com que uma camada de ar fique parada sobre a pele, funcionando como isolante térmico. Ao mesmo tempo, o corpo provoca a vasoconstrição (diminuição do calibre dos vasos que percorrem a pele), reduzindo o volume de sangue que passa por ela. Desta forma, diminui a quantidade de sangue esfriado, o que evita uma maior perda de calor do corpo.

Coceira - A coceira é um aviso de que o corpo entrou em contato com alguma substância. Ela tem uma função importante para o corpo: fazer com que a gente fique longe de quem a causou, seja poeira, remédio, planta ou inseto. Quando o sistema de defesa do corpo detecta substâncias estranhas, uma de suas primeiras ações é liberar histamina. Ela aumenta a circulação de sangue no local, trazendo mais células de defesa e é a responsável por trazer o efeito de causar a coceira.

Soluço - O soluço é resultado de uma contração involuntária do diafragma, responsável pelo controle da respiração. Os incômodos do soluço surgem a partir de uma irritação do nervo frênico, cujas causas podem ser diversas. Quando ele fica sensibilizado, envia uma mensagem para o diafragma se contrair, o que dispara o soluço. O característico som ("hic, hic") surge quando ocorre fechamento súbito da glote (abertura superior da laringe, onde se localizam as cordas vocais), produzindo vibração nas cordas vocais.

Tosse - Os brônquios e a traquéia são tão sensíveis, que quantidades mínimas de material estranho ou substâncias que causam irritação iniciam o reflexo da tosse. Impulsos nervosos passam das vias respiratórias ao bulbo (medula oblonga), onde uma seqüência automática de eventos é disparada por circuitos neuronais locais, causando vários efeitos. O ar que é expelido de forma explosiva dos pulmões para o exterior se move tão rapidamente que carrega consigo qualquer material estranho que esteja presente nos brônquios e na traquéia.Espirro - O reflexo do espirro é muito parecido com o reflexo da tosse, exceto pelo fato de se aplicar às vias nasais, ao invés das vias respiratórias inferiores: o estímulo que inicia o reflexo do espirro é a irritação das vias nasais. Uma série de reações semelhantes às do reflexo da tosse acontece, grandes quantidades de ar passam rapidamente pelo nariz, ajudando, assim, a limpar as vias nasais.

Bocejo - a teoria física (já que não há comprovações científicas de sua causa) é de que nossos corpos induzem o bocejo para obter mais oxigênio e retirar um acúmulo de dióxido de carbono. Esta teoria ajuda a explicar o motivo de bocejarmos quando estamos em grupos. Grupos grandes de pessoas produzem mais dióxido de carbono, o que significa que nossos corpos criam o bocejo para conseguir mais oxigênio e se livrar do excesso de dióxido de carbono.

Por Jessica Moraes

Comente