Papéis de parede voltam a ter destaque

Papéis de parede voltam a ter destaque

Foto/Divulgação

Ele ficou sumido durante um bom tempo e depois retornou a fazer sucesso na decoração de casas e apartamentos. O papel de parede não só voltou a ocupar seu devido espaço nas lojas como também trouxe muitas novidades.

"Esta nova geração de materiais possui desenhos exclusivos, texturas diferenciadas e cores que se adequam a todos os estilos de decoração, desde projetos contemporâneos até os mais clássicos", esclarece o arquiteto Aquiles Nícolas Kílaris.

Mais versáteis e resistentes, o papel de parede deixou de ter restrições de ambiente. Existem produtos que podem ser usados até em banheiros e lavabos. "As últimas tendências deste material são os desenhos florais, brilho e o uso de texturas diferenciadas, simulando tecido", adianta o arquiteto.

Mas antes de adquirir um papel de parede, é preciso tomar alguns cuidados. "Observe a qualidade da impressão, dimensão e espessura. Sem contar que a cor e o desenho escolhido devem estar em harmonia com a decoração do ambiente em que ele será usado", lembra Aquiles. "Outra coisa: evite o uso de tons muito fortes se você não está acostumado. Neste caso, o melhor é manter a linha conservadora."

Papéis de parede voltam a ter destaque


Muita gente evita usar papéis de parede alegando que ele descola ou desbota. Mas o arquiteto garante que os novos modelos encontrados no mercado atualmente possuem qualidade diferenciada. "O receio só tem fundamento nos casos em que a superfície onde ele será aplicado não está em perfeito estado. Paredes com vazamentos, infiltrações e problemas estruturais influenciam diretamente no tempo de durabilidade do papel de parede", garante.

Sobre a forma de conservação, a dica é clara: "O papel de parede não deve receber nenhum tipo de aplicação de produto químico que possa causar danos ou corrosão no material", aconselha Aquiles.

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente