Ong cria projetos em apoio à Região serrana do Rio

Ong cria projetos em apoio à Região serrana do Rio

Há pouco mais de 100 dias, o Brasil ficou extremamente chocado e comovido com a tragédia provocada pelas chuvas na Região Serrana no Rio de Janeiro. Desde a tragédia, a CARE Brasil atua com ajuda humanitária na região. Porém, a ONG investe em uma estratégia para a ampliação da capacidade de adaptação das comunidades e redução de riscos futuros.

Uma das principais ações desta estratégia envolve uma parceria com o Centro de Estudos e Pesquisas sobre Desastres (Ceped) da Universidade Federal de Santa Catarina. Em abril, o instituto começou a coletar dados sobre a região serrana do RJ, levantando desastres anteriores, planos e documentos do setor público.

O objetivo é realizar um diagnóstico para avaliar e identificar ações prioritárias para ampliar a capacidade de prevenção de risco a curto, médio e longo prazo desses locais. Posteriormente, essa análise será apresentada para debate público.

Para o próximo semestre, a CARE Brasil planeja realizar oficinas em algumas das comunidades mais atingidas, a fim de capacitar em redução de riscos, prevenção em desastres e adaptação às mudanças climáticas.

Desde que começou a atuar na região serrana, em janeiro de 2011, a CARE Brasil já beneficiou cerca de 4 mil pessoas com a distribuição de kits de higiene, alimentos e materiais, entre outras ações.


A CARE Brasil faz parte da rede da CARE Internacional, que tem sede em Genebra (Suíça) e está entre as cinco maiores ONGs do mundo.

Por Jessica Moraes

Comente