O que levar na bagagem de mão?

O que levar na bagagem de mão

Foto/ Divulgação

Viagens de avião tornaram-se comuns, mas nem todo mundo sabe o que levar na bagagem de mão. O que pode ou não. É preciso saber o que levar na bagagem de mão, por exemplo, bens de valor devem ser levados a bordo e líquidos em embalagens acima de 100 ml não podem ser transportados no avião.

O conforto, a segurança e a rapidez são indiscutíveis, mas é fundamental ter atenção para não ser obrigado a deixar um pouco da bagagem de mão no aeroporto, caso contrário o passageiro não embarca. São várias regras tanto para os voos nacionais quanto para os internacionais.

O diretor do portal iTrip e vice-presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV-RJ), Aldo Siviero, ressalta que para viajar dentro do país a bagagem de mão deve pesar no máximo cinco quilos e ter 115 centímetros no total da soma da altura, comprimento e largura. "Para evitar transtornos é importante verificar as normas que determinam o que pode e o que não pode ser levado", apontou.

Mamadeiras e comida para bebês podem ser transportadas na bagagem de mão desde que seja em quantidade suficiente para o consumo durante a viagem. Já líquidos, pastas e géis podem ser levados desde que estejam em frascos de até 100 ml e acomodados em sacos plásticos. "Bens de valor, como jóias, documentos, dinheiro, notebook, telefone celular, câmera fotográfica e filmadora devem ser levadas junto com o passageiro", ressaltou Siviero.

Não podem ser levados na bagagem de mão tesoura, alicate, canivete ou qualquer objeto cortante ou perfurante, líquidos inflamáveis, materiais corrosivos ou radioativos, substâncias venenosas, água ou outros líquidos em embalagens acima de 100 ml. "Vale lembrar que todas as bagagens que não são despachadas e serão levadas a bordo são consideradas bagagem de mão", observou.


O que for a bordo pode ser guardado no compartimento superior ou embaixo do assento à sua frente. Siviero aconselha aos passageiros que obtenham mais informações sobre as permissões e proibições em relação a bagagem com o agente de viagem ou com as companhias aéreas. "Depois de adquirir as passagens de ofertas coletivas ou depacotes de viagem é imprescindível estar atento a todas as regras para evitar a perda da viagem", finalizou.

Por Catharina Apolinário

Comente