O que faz você feliz?

Resolvi falar de felicidade! O que foi, está achando o tema filosófico demais? Pois é a busca da felicidade que motiva você. Se pensarmos bem, o desejo de ser feliz é o que move todo ser humano. É para ser felizes que buscamos a prosperidade, o amor da nossa vida, a saúde e a beleza, o sucesso no trabalho, a harmonia em família e tudo o mais que podemos imaginar.

Apesar de filosófico, abstrato e subjetivo, o assunto “felicidade” é amplamente estudado pela ciência. Faça uma busca de artigos acadêmicos sobre o tema na internet e você achará pesquisadores das mais notáveis universidades - Harvard, Oxford, Sorbonne e por aí vai - dedicados a compreender o que faz o ser humano feliz. E não é tarefa fácil, já que aparentemente não há um padrão de circunstâncias ou fatores causadores de felicidade. O que os pesquisadores observam é que a felicidade independe de fatores externos como o país em que se vive, a condição financeira que se tem, o trabalho que se faz ou o lugar onde se mora. Independe até mesmo da existência de problemas.

Um desses estudos foi realizado pelo professor Mihaly Csikszentmihalyi, da Universidade de Chicago. Ele fez uma ampla pesquisa com pessoas que tiveram sérios incidentes na vida - como perder a visão, ficar paraplégicas ou com outra grave limitação física - e chegou a resultados surpreendentes. Muitos entrevistados disseram que a perda que sofreram foi a melhor coisa que lhes aconteceu, pois eles se viram diante do desafio de reaprender a fazer coisas básicas do dia-a-dia e reconquistar a autonomia perdida. Os entrevistados disseram que aprenderam a valorizar mais a vida, até nas pequenas coisas, e conquistaram um senso de auto-estima que jamais tiveram. Enfim, estavam felizes!

Isso dá o que pensar, não? Enquanto algumas pessoas acham que felicidade é um lugar no futuro, quando alcançarem a situação profissional que desejam, viverem o amor de seus sonhos ou tiverem isso e aquilo, outras são felizes porque desfrutam do que são e têm agora - ainda que isso pareça pouco para muitos de nós.

Tudo indica que o estado de felicidade está ligado a uma disposição interior para ter satisfação com o que fazemos, o relacionamento com as pessoas próximas, nosso dia-a-dia, nosso mundo.

E quanto a você: o que te faz feliz? Será que sua idéia de felicidade é como o pote de ouro no final do arco-íris, uma coisa distante, que você nem sabe mesmo se existe? Até que ponto você tem desfrutado das coisas que lhe proporcionam satisfação em sua vida, aqui e agora?

leia também


Colunista do Vila Sucesso e Vila Equilíbrio, Leila Navarro é palestrante motivacional e comportamental, além de ser empresária e Presidente do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Capital Humano.

Comente

Assuntos relacionados: bem estar felicidade feliz leila navarro busca