O que a numerologia traz para 2013?

O que reservam os números para 2013

Foto/Reprodução Pinterest mechantstudio

Estamos em dezembro e o ano de 2012 está quase dando adeus. E além de pararmos para fazer o tradicional balanço de nossas vidas e elaborar projetos para o ano que está para nascer, ficamos ansiosos, pensando no que os próximos 12 meses nos reserva.

Então nada melhor do que consultar um bom especialista para tirar as dúvidas, não é verdade? Conforme explica a terapeuta metafísica e numeróloga Anah Maria Libório, passamos por ciclos que se alteram gradativamente, começando no ano um e terminando no ano nove.

Ela diz que 2012, que já está na reta final, é um ciclo de número 5, por isso foi um ano que nos trouxe tantas mudanças, tantas viradas e transformações. "Foram 12 meses muito agitados e instáveis. Muitas pessoas tiveram dificuldade em traçar metas e objetivos, tinham muitos interesses, mas não conseguiram definir nada de concreto", comenta.

Anah lembra que 2013 trará a vibração do número 6, que é totalmente diferente da que vivemos em 2012. "O número seis trará a nós todos uma energia mais amorosa, mais ligada à família e aos relacionamentos. As pessoas se sentirão mais afetuosas e com um desejo maior em se unir a alguém", prevê. "Será um ano de valorização de tudo o que é belo, de revisão de valores e de busca pelo amor sólido e duradouro."

Ainda no campo dos relacionamentos, a numeróloga acredita que os laços familiares serão intensificados e as dificuldades solucionadas. Haverá mais necessidade de praticar o perdão, esquecer desentendimentos e viver o amor universal. "Aqueles que pulam de galho em galho, não querendo assumir compromissos, vão priorizar as reuniões familiares, o sossego do lar, a calma e a estabilidade", acrescenta.

Para quem nasceu nos dias 6, 15 ou 24 de qualquer mês, ou no mês de junho, batizado com nomes que somem 6, ou ainda que estiver no ano pessoal 6, pode comemorar: será um ano especial, intenso e afetivo. "Para os que não se ajustaram, pode ser um ano propício para o divórcio", alerta Anah.

A terapeuta metafísica lembra ainda que as pessoas que não possuem as letras F, O e X em seus nomes terão que fazer um esforço maior para rever seus valores e suas dificuldades em assumir compromissos. Já os que têm excesso dessas mesmas letras precisarão dosar seus ciúmes e desejo de controlar os outros e de assumir responsabilidades que não são suas, pois irão se magoar esperando reconhecimento.

No campo profissional, bons ventos para quem exerce funções ligadas a artes, decoração, medicina, enfermagem, psicologia, magistério e também nas áreas de estética, beleza e teatro. Todas essas profissões serão favorecidas e as oportunidades intensificadas.


E no campo da saúde será preciso ter cuidado com problemas relacionados ao sistema nervoso, como a depressão causada por problemas emocionais. E os números comprovam: de acordo com estudo divulgado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), entre 2011 e 2012, o Brasil se tornou o país com a maior prevalência da doença, 10,8% da população.

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente