Mulher recusa transplantes para cumprir lista de desejos

A inglesa em estado terminal decidiu sair da lista de espera por um coração e pulmões para realizar todos os seus sonhos em um ano
Channan Petrides desejos

Foto - Reprodução/PA Real Life

Você trocaria seis meses de vida pela realização de todos os seus sonhos? Para a jovem Channan Petrides a resposta desta pergunta é 'sim'. Com lista de desejos e um coração cheio de vontades, esta mulher que sofre de fibrose cística, tomou a difícil decisão de abrir mão dos transplantes para aproveitar ao máximo o tempo de vida que lhe resta.


Aos 22 anos, a mulher desistiu lista de transplantes de coração e pulmões ao saber que ela poderia morrer na mesa de cirurgia, ou que seus  novos órgãos poderiam entrar em colapso em seis meses.

Sem nenhum tipo de tratamento, estima-se que ela ainda tenha um ano de vida, mais tempo do que se ela tentasse os transplantes.

“Eu sei que assumi um grande risco, mas agora quero curtir o tempo que tenho, em vez de esperar uma ligação que pode nunca vir”, disse a jovem ao jornal inglês “Mirror”. “Ninguém pode garantir que os transplantes dariam certo e eu poderia não conseguir fazer tudo da minha lista por causa do risco de infecção”, acrescentou.

Channan Petrides lista de desejos

Foto - Reprodução/yourthurrock

A doença da inglesa começou a se manifestar aos 19 anos: “Eu era uma criança normal. Amava esporte. Quando cresci, saía com amigos, ia a festivais, fazia coisas típicas de adolescente. Terminei um namoro quando tinha 19 anos e o estresse me fez perder peso. Desde então, comecei a desenvolver infecções no peito, tive pneumonia e gripe suína”.

Segundo a garota, a família e os amigos não apoiaram sua decisão assim que ela foi tomada. Porém com o tempo e muita conversa, as pessoas começaram a entender e respeitar sua vontade. 

Mesmo tendo aceitado as consequências de não se tratar, Channan garante que é uma pessoa positiva e que não gosta de espalhar negatividade nem desabafos sobre dias ruins no Facebook. 

No ano passado, ela publicou no Facebook sua lista de desejos, que logo se tornou viral e foi compartilhada mais de 35 mil vezes. 

Algumas vontades de Channan já foram realizadas, enquanto outras ainda precisam de um empurrãozinho, como andar no tapete vermelho do Brit Awards (sua mais nova vontade).

Channan Petrides desejos

Foto - Reprodução/PA Real Life

Nós já falamos aqui no VilaMulher sobre a fibrose cística. A doença é uma condição genética que afeta principalmente os pulmões, o pâncreas e o intestino. Pacientes com a doença vivem, geralmente, até 40 anos, mas no caso de Channan a saúde começou a se deteriorar a partir de 19 anos.

Algumas das vontades já realizadas pela mulher são: passear de balão, arrecadar dinheiro para a CF Trust (ONG que ajuda pessoas com fibrose cística), ver um pinguim, dar uma volta de helicóptero, tornar-se viral, fazer um safári e alimentar um leão, ir a um jogo do West Ham (da primeira divisão da Inglaterra) e passar um fim de semana em um spa e ir a uma grande festa.

Por Thamiry Teixeira

Comente

Assuntos relacionados: doença terminal fibrose cística