Mudanças na casa ajudam nas mudanças da vida

Mudanças na casa ajudam nas mudanças da vida

Foto: Dreamstime

As mudanças feitas na casa influenciam muito a nossa vida. Começar 2012 com novos projetos, novas propostas é muito bom e mudar sua casa pode ajudar na conquista desta mudança pessoal.

A terapeuta da casa Anna Elizabeth Branquinho explica que quando mudamos as coisas em casa estamos mudando nosso olhar para nós mesmos. "Quando defendo o conceito ‘Arrume a sua vida... Arrumando a sua casa!’ pretendo que façamos uma interpretação das áreas da nossa vida através da situação da casa. Não só a decoração, como a maneira que nos relacionamos com a casa e os objetos que estão a nossa disposição, influenciam muito no sucesso ou no fracasso de nossos planos nas áreas de nossa vida".

A terapeuta da casa lembra que quando falamos em mudança temos a tendência de ligarmos a transtornos e isso não é verdade. "As mudanças são promovidas para que sejamos coerentes com as nossas decisões e posicionamentos de vida. A própria vida promove ritmos e ciclos na nossa jornada. Estar atentos a estes momentos e nos posicionarmos torna tudo muito mais fácil. As pessoas preferem ficar na sua "zona de conforto" que é estar onde sempre estiveram porque já lidam com a situação no "automático ligado" e isso significa estar vivo e não viver a vida na sua plenitude", ressaltou.

O ponto mais alto da abordagem da terapeuta é o apego. Ela afirma que o sentimento de desapego deve vir como liberação e não ser o de livrar-se de algo. "Para que cada um de nós possa realizar-se, cada etapa da vida tem seus recursos especiais. Todos estes recursos são importantes para nós em um determinado momento e não nos servem mais em um momento posterior. As pessoas insistem em "carregar" os elementos que fizeram parte de sua vida e que hoje não tem mais função. Ao guardar coisas que não tem mais utilidade não damos espaço para novas coisas boas que estavam reservadas para nós cheguem a nossa vida", explicou.

A terapeuta indica que façamos uma avaliação dos nossos objetos. "É importante observarmos cada objeto e móvel da nossa casa e perguntar: Este objeto me traz conforto? Alegria? Beleza? Harmonia? Caso a resposta não seja positiva abra mão dele", indicou.


E ela finaliza lembrando que nossa casa é uma revelação de nós mesmos. "Somos reis em nossos reinos. Como está seu reino? Próspero ou decadente? A casa é como você: precisa se arrumar (vestir), se ornar (jóias/bijuterias), se apresentar (qual a mensagem que você quer passar para as pessoas?). Você pode escolher a mediocridade ou a excelência. Seja congruente com suas escolhas: caso decida pelo sucesso dedique-se a sua casa e sinta-se grato e orgulhoso pelo ambiente que vive. Não caia na mesmice e surpreenda-se promovendo pequenas mudanças em casa como a pintura de uma parede, repaginar um móvel, escolher lindas e novas almofadas...", completou.

O que você desejaria mudar em sua casa para mudar em sua vida?

Por Catharina Apolinário

Comente

Assuntos relacionados: bem estar casa terapia da casa d esapegar