Mecânica para mulheres

É incrível como ainda vivemos num mundo em que, apesar de todos os avanços, ainda vê as mulheres de forma estereotipada. Um bom exemplo disso é o que presenciei no condomínio onde moro, nas proximidades de São Paulo. Ao entrar de carro deparei-me com essa faixa bem grande, bem visível para todos, convidando as moradoras (atenção, só as mulheres) para um workshop gratuito sobre mecânica, promovido por uma concessionária de estradas em SP:

Não resisto a dividir com vocês minhas reflexões sobre essa "simples" faixa.

Claramente ela retrata bem a visão estereotipada das mulheres a que me refiro. São três reflexões que me ocorreram:

1 - Mulheres não entendem nada de carros! Isso até pode ser verdade para algumas de nós (como é meu caso), mas certamente há muitos homens (incluindo meu marido) que sequer sabem o que é freio ABS! Por que os homens não foram convidados para o workshop sobre mecânica? Ainda há muita gente que acha que mulher "não é capaz" de entender de mecânica ou que homens não podem ser professores de escolas maternais, por exemplo. Para mim, acho essa visão prá lá de ultrapassada, para nós e para eles.

2 - Numa terça feira das 14h às 17h? Quem disse que as mulheres estão desocupadas nesse horário? Será que as pessoas ainda acham que a maioria das mulheres fica em casa o tempo todo? Aposto que se fosse um evento para homens colocariam uma agenda à noite. Mais um estereótipo...

3 - Rosa...é incrível mas parece que tudo de mulher tem que ser da cor rosa. Fusca cor de rosa então é o máximo do estereótipo da "Penélope Charmosa". Ainda há muita gente achando que mulheres são apenas delicadas, meigas e carinhosas e nada melhor do que a cor rosa para retratá-las. Nada contra o rosa, até porque é uma cor linda, mas porque sempre associam rosa às mulheres. Não podia ser uma placa vermelha, laranja ou azul?

Mecânica para mulheres


Confesso que essa faixa não me seduziu nem um pouco e eu continuarei ignorante em relação à mecânica. E meu marido também!

Cecília Russo Troiano é psicóloga, sócia-diretora da Troiano Consultoria de Marca e autora do livro "Vida de Equilibrista". Casada e mãe de 2 filhos, ela afirma que é mãe equilibrista, vive sua vida tentando equilibrar "pratinhos". Email - cecilia@troiano.com.br / Venda do livro pelo site www.vidadeequilibrista.com.br

Comente