Livros que têm as mães como tema central

Livros que têm as mães como tema central

Foto: divulgação.

Ninguém discute a importância das mães em todos os momentos das nossas vidas. Até por isso não faltam homenagens a elas em novelas, filmes e também nos livros. O Vila Compras selecionou alguns desses livros que tem a mãe como tema central para a gente já entrar no clima de homenagens para o próximo domingo, dia delas!

O livro "Minha Mãe, Meu Mundo" de Anderson Cavalcante e Simone Paulino desperta a memória afetiva da relação mãe e filho com pensamentos e imagens poéticas. Feito especialmente para o Dia das Mães ele alterna pensamentos e imagens para homenagear as mães com o objetivo de fazer as pessoas refletirem sobre os pequenos atos e gestos que fazem com que elas sejam tão fundamentais em toda a trajetória de vida. Da Editora Gente, o preço sugerido é R$ 19,90.

Outra publicação que tem um formato bem diferente do anterior, mas ainda tem com a mãe como personagem central é o "Mãe, em cada endereço uma diferente". São vinte e um contos que apesar de não serem reais são bem próximos do nosso cotidiano. Todas as histórias tem um ponto em comum: mostram o amor materno. Escrito por Alexandre da Silva Carvalho, a obra mostra a características da mãe corajosa, da guerreira, da sofredora, da solitária, daquela que se alegra com o filho que cresceu e prosperou na vida ou que padece por aquele que se envolveu com drogas e com o mundo do crime. Da editora Paulus, o preço sugerido é R$ 10.

O nome "Mães em guerra" já indica que esse livro tem um foco bem diferente dos anteriores. Ele faz parte do gênero "mom lit", tendência que vem conquistando os Estados Unidos e é uma repaginada dos "chick lit", como ficaram conhecidos livros como "Sex and the city" e "O diabo veste Prada". As personagens continuam sendo mulheres sofisticadas, mas agora com filhos.

[galeria]


O livro é um romance leve e atual que tem como protagonistas mães ricas e poderosas de Nova York. O foco da história fica em Hannah que também é mãe, mas de "classe média". Acontece que ela se muda para o bairro mais chique de Manhattan, depois que o marido recebe uma proposta de emprego. Na nova cidade conhece mulheres completamente diferentes dela: elitizadas, modernas, cercadas de babás, motoristas e um séquito de empregados e, o que mais a espanta, enxergam os filhos como um símbolo de status. Hannah então terá que se desdobrar para conviver, ou melhor, sobreviver no novo "habitat". O livro, escrito por Jill Kargman, foi trazido para o Brasil pela editora Planeja e custa R$ 39,90.

Por Larissa Alvarez

Comente

Assuntos relacionados: compras livros presentes dia das mães novela