Influência do clima no humor

Influência do clima no humor

Uma das principais fontes de inspiração para as artes são as estações do ano. Existe uma infinidade de músicas, poemas, filmes e livros que abordam esse tema. Isso acontece porque o clima, a luz do dia têm a capacidade de influenciar o estado de espírito das pessoas. Já reparou como no verão há mais bom humor no ar e, no inverno, mais introspecção?

Um dos motivos que faz com que todos se sintam mais felizes diante das altas temperaturas é a influência solar. “A exposição à luz do sol estimula a produção de serotonina, dopamina e melatonina”, explica a psicóloga Dirce Perissinotti, membro do corpo clínico do Centro de Dor e Neurocirurgia Funcional do Hospital 9 de Julho. Ela diz que essas três substâncias são responsáveis por trazerem bom humor, energia e regulação do ciclo do sono.

Além das reações químicas positivas que a presença do sol traz para o organismo, também existem benefícios psicológicos. “Nos meses e estações onde os dias são mais quentes, iluminados e longos, existe algo no ar que nos convida a sair e interagir. São momentos atrativos ao convívio social, fazendo com que o bom humor apareça”, afirma a cientista e escritora Conceição Trucom, de São Paulo. Ela diz que é comum pessoas que moram em áreas tropicais serem mais bem-humoradas e terem mais energia.

No entanto, em dias em que o tempo está fechado e as temperaturas estão mais baixas, essas reações costumam acontecer de maneira contrária. “As estações do outono e do inverno, mais frias e com noites mais longas, representam o desnudar das folhas e a hibernação”, diz Conceição. Para ela, esse período deve trazer reflexão e desapego. “São momentos onde ficar só é recomendado, assim como deixar as couraças e crenças passarem pelo crivo das transformações e do conhecimento”.

Segundo Dirce, existem estudos que comprovam que em países com menor incidência de luz do sol há a maior número de casos de pessoas com depressão. “Regiões onde as pessoas ficam mais recolhidas estão mais propensas a cometerem suicídio e terem depressão. Um dos motivos para que isso aconteça é o isolamento social”, conta.

Conceição, que também é química, conta que pesquisadores da Universidade de Surrey, na Inglaterra, fizeram um mapeamento no cérebro de 88 voluntários entre os anos de 1999 e 2003, e descobriram a atividade de uma proteína que bloqueia a serotonina, resultando na maior possibilidade do indivíduo ter um humor negativo.

Pensando em diminuir essas estatísticas é que em países como Reino Unido tem se tornado um hábito as pessoas irem para a rua mesmo com o frio e a neve. “Em países europeus, as pessoas colocam vários casacos e saem às ruas, não apenas para terem contato com a luz do dia, mas também para contato social”, conta Dirce. Além da luz do sol motivar o bom humor, também é uma forma de estimular a produção de vitamina D.

É importante ressaltar que é possível regular o humor e a qualidade de vida para que não oscilem junto com as mudanças climáticas. “O indicado é aumentar o consumo de alimentos de origem vegetal e integral e evitar os de origem animal, refinados, açúcares, sintéticos e industrializados”, diz Conceição.


Ela encerra dizendo que praticar atividades físicas, no intuito de aumentar a produção de endorfina, também é uma boa maneira de manter o bom humor em qualquer estação. “O melhor a fazer é buscar usar seus talentos e dons e se divertir com eles e suas colheitas. Tudo isso para chegar ao ponto ideal, para sentir-se uma pessoa significante e em paz consigo em todas as estações do ano”.

Por Cínthya Dávila (MBPress)

Comente