História de vira-lata emociona e apoia adoção de animais

Mocinha

foto: reprodução

Mocinha, uma vira-lata muito simpática e cheia de energia, era a alegria de seus donos, o casal Julia Bobrow e Daniel Guth. Depois de ser adotada em 2008 começou a apresentar uma doença degenerativa que a deixou tetraplégica. O casal ouviu dos especialistas que ela não teria mais que três meses de vida, e ainda foi aconselhado a sacrificar o cachorro.

Mas eles não desistiram. Com muitos cuidados e tratamentos alternativos como acupuntura e fisioterapia, Mocinha viveu 3 anos felizes de muito amor e carinho!

A história emocionou quem acompanhou no Facebook e também através do livro que o casal lançou, "Desistir Nunca foi Uma opção". A verba arrecadada com a venda dos exemplares será destinada aos cães resgatados com alguma deficiência, para adoção.

A campanha intitulada "O que faz diferença pra você?" incentiva a doação de animais com alguma limitação, para serem cuidados com carinho e atenção especiais.


Por Jessica Moraes

Comente